O Avaí segue a sua rotina nesta Série B: entra em campo para buscar a recuperação na tabela de classificação. Após duas derrotas seguidas, o time de Florianópolis precisa somar pontos contra o Confiança, para se aproximar do G-4.

O jogo é válido pela 3ª rodada e foi desmarcado à época porque o time o adversário decidia o Campeonato Sergipano, onde conquistou o título. A partida está marcada para as 19h15, em Aracaju.

O técnico Geninho não terá o capitão Betão, lesionado. O zagueiro Victor Salinas é quem deve começar como titular ao lado de Rafael Pereira.

Mas o técnico tem o retorno do lateral-esquerdo Capa e do volante Bruno Silva, que estavam cumprindo suspensão por conta do terceiro cartão amarelo.

Segundo confronto

De acordo com o pesquisador e presidente do Conselheiro Deliberativo do Clube, Spyros Apóstolo Diamantaras, Avaí e Confiança-SE se enfrentaram apenas uma vez na história. Empate em 1 a 1, em disputa válida pelo Brasileiro de 1979.

A partida foi em 17 de outubro de 1979, no estádio Orlando Scarpelli. Os gols foram anotados por Orivaldo (contra), 30’1T, para o Confiança-SE, e por Orivaldo (pênalti), aos 21’2T, para o Avaí. Na ocasião o arbitro foi Osmar Camilo, auxiliado por Fernando Mabilot e Iolando Rodrigues. Estiveram presentes 3.068 torcedores para uma renda de CR$ 149.450,00.

Quem jogou

O Avaí esteve em campo com Zé Carlos; Lico, Marcos, Edson Scott e Orivaldo; Rosa Lopes, Bira Lopes e Fico (Chico Botelho); Fernandinho, Júlio Cesar e Veiga (Zé Paulo) – Técnico: Miro Andrade. Já o Confiança teve Zé Luiz; Roberto, Cacau, Moreira e Dudu; Américo, Beca e Luiz Carlos; Nininho, Jorge Demolidor e Antônio Carlos – Técnico: Mistermaia Chagas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp