Rildo fez o primeiro gol do Avaí | Foto André Palma Ribeiro/Arquivo/AFC
Rildo fez o primeiro gol do Avaí | Foto André Palma Ribeiro/Arquivo/AFC

O Avaí saiu na frente, permitiu a virada e no final arrancou o empate em 2x2 com o Confiança por 1x0 na noite desta terça-feira (15) em Aracaju (SE), em partida adiada da 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo foi marcado por polêmicas e erros da arbitragem, que provocaram reclamações do técnico Geninho e dos jogadores do Avaí. Todos lamentaram a ausência do VAR na Série B.

Na tabela

O empate deixa o time de Florianópolis com 10 pontos em nove jogos, provisoriamente na 11ª posição na classificação. O Confiança é o 16º colocado, com 8 pontos, também em 9 jogos.

Os gols

O Avaí saiu na frente com Rildo, aos 12 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, em cinco minutos o Confiança virou. Rafael Pereira (contra), aos 3 e Ítalo, aos 5, marcaram para o time sergipano. Valdívia, aos 27, empatou para a equipe catarinense em rebote de pênalti perdido por Gaston Rodriguez.

Acho que foi uma arbitragem muito confusa tanto do juiz, quanto os auxiliares. A arbitragem teve influência direta no placar. Na minha opinião, deveria ter o VAR na Série B. Não é só no jogo do Avaí, todas as rodadas têm um ou outro lance com erro de arbitragem. Está mais do que na hora de a CBF tomar esta atitude para o jogo ficar justo.

Geninho, técnico do Avaí.

 

Próximo jogo

Na próxima rodada, o Avaí volta para a Ressacada para enfrentar o Sampaio Corrêa, neste domingo (20), às 11h. O Confiança volta a jogar em casam na sexta (18), contra o Guarani.

Ficha Técnica

Confiança 2 – Rafael Santos; Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini e Djalma Silva; Amaral, Jeferson (Alysson) e Italo; Reis (Leandro Kivel), Bruno Paraíba (André Moritz) e Ari Moura (Madison). Técnico – Matheus Costa.

Avaí 2 – Frigeri; Felipe, Rafael Pereira, Sallinas (Valdívia) e Capa; Ralf, Jean Martim (Adryan) e Pedro Castro; Kelvin, Daniel Amorim (Gaston Rodriguez) e Rildo (Vinícius Jaú). Técnico – Geninho.

Gols – Rildo (A), aos 12 minutos do 1ºT. Rafael Pereira (A, contra), aos 3 e Ítalo (C), aos 5; e Valdívia (A), aos 27 minutos do 2º T.

Cartões Amarelos – Thiago Ennes, Nirley, Bruno Paraíba, Matheus Mancini, Ítalo e Reis (C). Jean Martim, Rildo e Kelvin (A).

Cartão Vermelho – Nirley (C).

Arbitragem – Lucas Canetto Bellote (SP), com Enderson Emanoel da Silva (SP) e Fabrini Costa (SP).

Local – Estádio Lourival Batista, em Aracaju (SE).

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp