Atleta da seleção brasileira é acusado de agredir e ameaçar ex-namorada

Por: Elissandro Sutil

04/09/2023 - 20:09 - Atualizada em: 04/09/2023 - 20:56

O atacante Antony foi cortado da Seleção Brasileira nesta segunda-feira (4) pelo técnico Fernando Diniz, após divulgação de mensagens ameaçando a ex-namorada, Gabriela Cavallin.

O atleta do Manchester United havia sido convocado para os jogos contra a Bolívia e Peru, válidos pelas eliminatórias da Copa do Mundo. Gabriel Jesus, do Arsenal, foi convocado para substituir o jogador.

A convocação de Antony foi feita no último dia 18, enquanto as investigações já aconteciam. O que fez a CBF suspender o jogador foi a divulgação de algumas alegações da ex-namorada.

Em nota emitida, a Confederação informou que o corte ocorreu “em função dos fatos que vieram a público nesta segunda-feira (04/09), e que precisam ser apurados, e a fim de preservar a suposta vítima.”

O Uol publicou uma reportagem trazendo mais detalhes sobre o caso e mostrando mensagens que o jogador enviava à ex-companheira.

Foto: Reprodução

Em outra parte da conversa, o atleta pede “perdão” pelas agressões cometidas contra Gabriela.

Foto: Reprodução

A jovem ainda contou que no dia 8 de maio o jogador tentou agredi-la com uma taça de vidro.

Foto: Reprodução

Conforme informou o Uol, em conversa com agente de viagens, Gabriela implorou para a emissão das passagens aéreas de volta ao Brasil. “Por favor, não dorme sem emitir as passagens. Preciso sair daqui, antes que ele me mata (sic).”

A assessoria de Antony informou que o atleta não vai se pronunciar sobre o caso.