Resumo da notícia:

  • Atacante Roger recebe críticas por furar quarentena em culto evangélico
  • Jogador da Ponte Preta cumpre isolamento social por ter um familiar acometido pelo novo coronavírus
  • Roger alegou que havia testado negativo no exame PCR-RT, o que foi negado pelo clube

Com passagens por grandes equipes do país, o atacante Roger recebeu duras críticas da Ponte Preta, seu clube atual, após furar a quarentena para comparecer em um culto evangélico.

O jogador cumpre isolamento social em Campinas (SP) por ter um familiar infectado pelo coronavírus.

Roger alegou que tomou todos os cuidados possíveis no evento religioso e que havia testado negativo no exame PCR-RT, o que foi negado pela Ponte Preta.

"A Diretoria Executiva da Ponte Preta informa que, ao contrário do que informou o atacante Roger, recomendou a todos os jogadores que pratiquem o isolamento social, evitem locais com concentração e evitem ao máximo possível a exposição externa. Em especial no caso de Roger, que está aguardando a contraprova do teste PCR e por isso está até o momento impedido de participar das atividades do time, foi recomendado que ficasse em casa, em quarentena", informou a direção.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul