Pela sonegação de mais de 1 milhão de euros na declaração do imposto de renda de 2014, Diego Costa foi condenado a seis meses de prisão e a pagar uma multa de 543,2 mil euros (R$ 308 mil na cotação atual).

O atacante brasileiro naturalizado espanhol se declarou culpado nesta quinta-feira (4), em audiência em Madri, pelo crime fiscal cometido no período em que se transferiu do Atlético de Madrid-ESP para o Chelsea-ING.

O experiente jogador fez acordo para substituir a pena de prisão por uma multa de 36 mil euros (100 euros diários durante 12 meses, R$ 204 mil no total).

Foto: Pierre Philippe Marcou/AFP

No ano passado, o atacante do Atlético já havia pago 1,14 milhão de euros (R$ 6,4 milhões) para quitar a dívida tributária e reconheceu os fatos que caracterizam crime para a Agência Tributária da Espanha.

Outros astros do futebol também passaram pelo mesmo problema na Espanha, caso de Messi, Cristiano Ronaldo, Di Maria, Modric, Marcelo, entre outros.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul