Atacante da França e do Real Madrid, Karim Benzema foi considerado culpado nesta quarta-feira (24) por cumplicidade em uma tentativa de chantagem do ex-colega de seleção Valbuena por um vídeo contendo conteúdo sexual.

Ele foi condenado a um ano de prisão suspensa, que só deve ser cumprida em caso de reincidência, e multado em 75 mil euros (R$ 468,5 mil).

Os procuradores argumentaram que Benzema incentivou Valbuena a pagar um suposto grupo de chantagistas para manter um vídeo de sexo explícito longe dos olhos do público.

Os advogados do jogador entrarão com recurso. “O tribunal indicou claramente que Benzema não tinha conhecimento dos fatos preliminares. Estamos atônitos com esta decisão. O recurso é necessário” disse Silvayn Cormier, um dos advogados do atacante.

Por conta do escândalo, Benzema deixou de ser convocado pelo técnico Didier Deschamps por mais de cinco anos, mas voltou à seleção nesta temporada.