Único árbitro de basquete de Santa Catarina nas Olimpíadas de Tóquio, Guilherme Locatelli voltou ao Brasil e conheceu os três filhos após acompanhar o nascimento por chamada de vídeo enquanto estava no Japão.

O encontro aconteceu em uma maternidade de Florianópolis, onde os trigêmeos e a mãe, Carolina Volpato Locatelli, permanecem internados.

"Conhecer agora os trigêmeos foi uma sensação muito emocionante. A chegada ali, conhecer os pequenos, como estava a rotina. Para mim, eles seriam menores do que eu vi", disse o emocionado Guilherme.

Ana, Antônio e Eva estão em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal para ganhar peso e os pais fazem visitas diárias.

Foto: Carolina Locatelli/Arquivo pessoal

"Em dois dias que fui lá, já senti que cada um tem seu jeitinho. É bastante emocionante ver como é o desenvolvimento dos três. Eles gostam de ficar juntos. Quando estão juntos, se abraçam", disse o árbitro.

"Parece que eu perdi um pedaço do filme. Mas, a partir de agora, vou acompanhar de perto", completou.

Formado pela Federação Catarinense de Basketball, Guilherme Locatelli já havia participado de jogos nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

Em Tóquio, foi um dos árbitros da final do basquete masculino, disputada por Estados Unidos e França.