Para o Joinville era vencer ou vencer. Não havia outra opção para continuar sonhando com os playoffs do NBB, mas o sonho acabou no início da tarde de domingo (25) quando a equipe comandada pelo técnico George Salles não conseguiu segurar o ímpeto do líder Paulistano e acabou derrotado por 86 a 66 no Centreventos Cau Hansen. Assim, o Joinville dá adeus à vaga nos playoffs, que ficou com o Botafogo, apesar de o alvinegro também ter sido derrotado no domingo.
O Paulistano, como é sua característica, iniciou o jogo já com muita velocidade e foi abrindo passagem no placar. Mas, o Joinville não abaixou a cabeça e tentava, com as bolas de três pontos, não deixar o líder do campeonato abrir larga vantagem. Com as bolas de longa distância, a equipe da casa manteve o placar equilibrado e o primeiro quarto terminou 21 a 19 para a equipe paulista.
O equilíbrio permaneceu no segundo período, mas o ginásio incendiou quanto uma bola de três de Tiagão colocou o Joinville à frente no placar. As combinações de resultado favoreciam a equipe catarinense e uma vitória manteria o sonho de chegar à próxima fase, mas a equipe do Paulistano não é líder à toa e, com o armador Yago inspirado, a equipe paulista abriu vantagem e o primeiro tempo terminou 39 a 31 para o time comandado pelo técnico Gustavo Antônio de Conti.
O terceiro período começou favorável ao Joinville que, mais uma vez usou as bolas de longa distância para encostar e passar à frente no placar, mais uma vez. Mas, como já é marca registrada do time, a desatenção durante alguns minutos não foi desperdiçada pelo Paulistano que aproveitou a bobeira da equipe catarinense para retomar a vantagem.
Os últimos 10 minutos era o tempo que restava ao Joinville para tirar uma diferença de dez pontos e continuar na briga pela pós-temporada. Não foi suficiente. Com Deryk – cestinha da partida com 29 pontos – inspirado, o Paulistano dominou o período e fechou a partida com 20 pontos de vantagem. Essa é a 22ª vitória consecutiva do time paulista que segue firme na liderança.
Além de Deryk, que anotou 29 pontos e Yago que sempre inferniza os adversários, Lucas e Elinho tiveram boas atuações com números expressivos. Foram 12 rebotes para Lucas e 13 assistências para Elinho. Do lado joinvilense, como de costume, Stocks se destacou com seis roubadas de bola e outras seis assistências. Tiagão foi o cestinha da equipe com 18 pontos e Felipe Vezaro teve cinco rebotes.
A derrota tira o Joinville da pós-temporada, mas há o que ser comemorado. Desde o início do NBB o objetivo era a permanência entre as principais equipes do país e, antes da última rodada, o objetivo foi alcançado. Com a derrota de Campo Mourão para o Caxias, também neste domingo, estão definidos os classificados e os rebaixados. Liga Sorocabana e Campo Mourão ficam com as duas vagas inglórias e foram rebaixados.
O Campo Mourão, inclusive, é o próximo e último adversário do Joinville no NBB 10. O jogo acontece nesta terça-feira (27), às 19h30 no Centreventos Cau Hansen.