Após ser forçado a desistir no ano passado, em virtude do número alto de acidentes, o jaraguaense Hélio Fenrich voltou ao Alasca para mais um grande desafio em sua carreira: chegar ao topo do Monte Denali.

Mesmo enfrentando uma temperatura de 30 graus negativo e um princípio de congelamento das mãos, o alpinista completou a expedição e tornou-se apenas a terceira pessoa a alcançar o feito na atual temporada.

Do último acampamento até o topo da montanha, Fenrich levou mais de 8h na quinta-feira (7) e encarando um clima extremo. Após cumprir o objetivo, ele já iniciou a descida que tem previsão de término para o sábado (9). Vale lembrar, que o último desafio do jaraguaense havia sido em janeiro de 2017, quando conquistou a maior montanha do continente africano: o Kilimanjaro, na Tanzânia.