A partir de hoje, o OCP publica uma série de reportagens sobre a preparação das equipes de Jaraguá do Sul para a 16ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc). A competição será realizada entre os dias 16 e 21 de dezembro, na cidade de Caçador, reunindo cerca de três mil atletas com idade de 13 a 16 anos, que disputam um total de 13 modalidades. A delegação jaraguaense contará com 130 participantes entre atletas, dirigentes e apoio. São representantes no masculino e feminino de atletismo, basquete, xadrez e voleibol. No ciclismo, futsal, judô, karatê, tênis de mesa competem apenas os meninos.
Olesc futsal treinador - em (2)
A nossa base é muito forte, assim como de outras equipes do Estado. Mesmo com todo este equilíbrio, vamos para Caçador com a intenção de conquistar uma medalha e quem sabe o título. Luís Dalprá, técnico
Entre as categorias, uma se destaca pelo histórico positivo dentro da competição e abre a sequência de matérias: o futsal masculino. Modalidade da casa com maior número de títulos de um naipe na Olesc, a equipe comandada pelo técnico Luís Dalprá vai em busca do hexacampeonato. Campeão em 2006, 2007, 2010, 2013 e 2014, o salonismo municipal é tratado como um dos favoritos a medalha de ouro, e o elenco vem se preparando especificamente para o torneio há pouco mais de um mês. A intenção é que esse favoritismo se reflita em quadra. “O nosso foco principal do ano é a Olesc, mas conseguimos juntar a equipe efetivamente para os treinos há cerca de 40 dias. A nossa base é muito forte, assim como de outras equipes do Estado. Mesmo com todo este equilíbrio, vamos ir para lá (Caçador) com a intenção de conquistar uma medalha e quem sabe o título”, disse Dalprá. A confiança em garantir um lugar no pódio cresce ainda mais no grupo, levando em conta os resultados obtidos pelo time na atual temporada. Em quatro competições já encerradas, o futsal jaraguaense ficou entre os três melhores colocados em todas, sendo campeão em duas delas. “Chegamos fortes em todos os campeonatos e mostramos um grande poder na hora das decisões. Com todos estes fatores, a perspectiva é de fazer uma boa campanha na Olesc”, finalizou o treinador. Foco total no ouro Desde 2008 inserido ao projeto ‘Futsal Menor’, do Colégio Evangélico Jaraguá, o ala e capitão do time na Olesc, Wellinton Cristian Bellotto, foi enfático ao destacar os objetivos do elenco para a competição. OleSC futsal - em (2) Segundo o atleta de 16 anos, a equipe jaraguaense é uma das principais forças do Estado e carrega o otimismo em sair do torneio como hexacampeão. “Estamos nos preparando forte para a Olesc, que é a competição que todos nós queremos jogar. Temos a obrigação de colocar Jaraguá onde merece, que é no topo. O grupo está bem fechado, unido e vamos fazer de tudo para conquistar o título”, disse.