A história do clássico Figueirense x Avaí tem mais um capítulo marcado para este sábado (12), a partir das 16h30min, no Estádio Orlando Scarpelli. O confronto entre os maiores vencedores do futebol catarinense vale pela 5ª rodada da Série B do Campeonato Catarinense.

Em campo muito mais do que dois times buscando pontos para subirem na tabela de pontos e ficarem na zona de classificação para primeira divisão do futebol brasileiro em 2019. O que está em jogo é a velha rivalidade da cidade e região, que alimenta a disputa e as gozações dos torcedores.

Por isso, o OCP NEWS elencou cinco motivos que valem a pena para se ficar ligado no clássico desta tarde. Confira:

 

 

 

1 – Vitória vale para mirar o G-4

O Figueirense tem 9 pontos em 4 jogos e está mais perto do grupo dos quatro primeiros colocados, que sobem para a Série A em 2019. Se somar mais três tem boas chances de terminar a rodada entre os melhores.

O Avaí não alcança o G-4 nesta rodada, pois tem 5 pontos em 4 jogos (o quarto colocado já tem 10 pontos). Mas vencer e somar mais 3 pontos ajudam a subir na tabela, melhorar o astral interno e aumentar a confiança.

 

2 – Acabar com a sequência de empates

Há dois anos nem Figueirense e nem Avaí venceram os jogos entre si. Foram três duelos no ano passado, dois 0 a 0 pelo Campeonato Catarinense e um 1 a 1 pela Primeira Liga, e duas partidas nesta temporada, ambas pelo Estadual, o 3 a 3 na Ressacada e o 1 a 1 no Orlando Scarpelli. A última vitória em clássicos foi do Figueirense, em 2016, no Scarpelli, gol de Guilherme Queiróz.

 

3 – Em busca da artilharia da competição

Renato, do Avaí, com três gols, e André Luís, do Figueirense, com dois gols, são os artilheiros das equipes nesta disputa da Série B. O clássico é uma boa chance para ambos aumentarem suas artilharias e subirem na tabela dos goleadores. Renato tem problemas físico, mas está concentrado e deve jogar. André Luís está mais do que confirmado.

 

4 – A despedida de Marquinhos

O camisa 10 do Avaí, Marquinhos, é um dos maiores personagens da história do clássico. O Galego é um torcedor do Leão em campo, que passou a infância assistindo aos jogos na arquibancada e depois de profissional marcou sua carreira por provocações e confusões em campo nas disputas entre os dois times. Esse deve ser seu último jogo no Scarpelli, pois pretende encerrar a carreira no final do ano. Marquinhos é natural de Biguaçu, mas mora no Estreito, bem próximo ao palco do jogo.

 

5 – Segurança terá atenção especial

O clima entre os torcedores em dia de clássico é sempre nervoso. O jogo mexe com a cidade e confusões são frequentes, dentro e fora de campo. Para este jogo a Polícia Militar chegou a sugerir a presença de apenas torcedores do Figueirense, pelo fato de a partida ser no Scarpelli. Durante a semana houve reunião no Ministério Público Estadual com a presença dos dirigentes dos dois clubes e da FCF, além de autoridades da PM e do MP. Ficou acertado que as duas torcidas estão nas arquibancadas, mas o confronto será um teste para decisões futuras.

 

Ficha técnica

 

O quê: Figueirense x Avaí, 5ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Orlando Scarpelli

Horário: 16h30min

Figueirense:  Denis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo e Lazaroni; Zé Antônio e Betinho; Maikon Leite, Jorge Henrique e Ferrareis; André Luís. Técnico: Milton Cruz

Avaí: Aranha; Alemão, Betão e Airton; Guga, Judson, Luan, Renato (Martinuccio) e Capa; Rômulo e Rodrigão. Técnico: Geninho.

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos.