Avassalador. O Houston Rockets não deu a menor chance para o Golden State Warriors na noite de quarta-feira (16) e venceu com tranquilidade o segundo jogo por 127 a 105 empatando a final da Conferência Oeste da NBA. Jogando diante de um Toyota Center lotado, o time texano colocou os atuais campeões da NBA na roda e anulou todas as peças da equipe de Steve Kerr, com exceção de Kevin Durant, que é um jogador à parte quando o assunto é playoff.

Os Rockets contaram com uma equipe muito bem posicionada taticamente, com uma defesa eficiente que conseguiu segurar o poderoso time californiano escalado por Kerr, que iniciou a partida com Curry, Durant, Thompson, Green e Iguodala. Mas a principal arma não foi nem James Harden, nem Chris Paul. Os coadjuvantes do Houston assumiram a responsabilidade de empatar a série e assim fizeram.

Eric Gordon foi o cestinha da equipe ao lado de Harden, com 27 pontos – o Barba ainda garantiu o duplo-duplo com 10 rebotes –, PJ Tucker anotou 22 pontos e Trevor Ariza contribuiu com 19.

Pelo lado dos Warriors, Kevin Durant até tentou, mas os seus 38 pontos não foram suficientes diante de uma equipe coletivamente muito superior. Curry, que foi o alvo das principais ações ofensivas dos Rockets, terminou a partida com 16 pontos.

O Houston foi cuidadoso ao traçar o plano de jogo, sendo consistente na defesa e feroz no ataque. A equipe usou e abusou da fragilidade de Stephen Curry na defesa. Além disso, a movimentação ofensiva deixou a defesa dos Warriors completamente sem ação.

Outro fator que jogou a favor do Houston, além da excelente atuação coletiva, foi a incomum ineficiência do Golden State, especialmente nas bolas de três.

Agora, a final se volta para Oakland, onde acontece o terceiro jogo, domingo (20), às 21h, horário de Brasília. A partida na Oracle Arena será transmitida pelo SporTV.