Para a voluntária, o bem deve ser feito sem esperar reconhecimento em troca | Foto Arquivo OCP News

Para a voluntária, o bem deve ser feito sem esperar reconhecimento em troca | Foto Arquivo OCP News

Achar tempo para “dar conta” de toda correria do dia a dia não é fácil! Trabalho, esposo, duas filhas, tudo isso faz com que a rotina da advogada jaraguaense Orjana Bartel Hasse de 43 anos seja bastante compromissada. Mas, nem por isso ela deixou seu lado social para trás e investe firmemente no voluntariado.

Há cinco anos participa do Rotary Clube de Jaraguá do Sul e recentemente se tornou presidente da associação de voluntários com gestão até 2019. Orjana começou sua trajetória no voluntariado em Guaramirim, onde por 10 anos fez parte do Rotary, sendo presidente da associação por duas oportunidades.

Após ter as filhas, se mudou para Jaraguá do Sul, há 20 anos atrás, sendo que após pouco tempo na cidade foi convidada a se associar ao Rotary Jaraguá de onde não mais saiu. Quando perguntada sobre o por quê de fazer o serviço voluntário, ela não pensa duas vezes para responder.

“A gente é beneficiada com tantas coisas boas no dia a dia, por que não ajudar, fazer o que sabemos fazer, usar nossa experiência profissional no voluntário. É tão bom saber que com tão pouco ajudamos tantas pessoas” afirma.

Orjana diz ainda que não é só o trabalho voluntário, mas sim a alegria de estar com os companheiros de clube conversando, confraternizando, tudo isso misturado com a sensação de dever cumprido, alegra!

Como em todo aniversário existe um desejo, Orjana também tem um nessa data festiva de Jaraguá do Sul.

“Espero ver mais voluntários e espero que Jaraguá seja referência como é na segurança, também seja em transparência na política, que possamos ser exemplo. Se pudesse deixar uma mensagem para as pessoas, seria para que todos sejam mais educados e mais voluntários, pensando no próximo sem querer se autopromover”.

O que é o Rotary?

“Dar de si antes de pensar em si” esse é o principal lema do Rotary Jaraguá do Sul, que tem 61 anos e um serviço social no mundo inteiro.

Rotary é uma organização internacional de profissionais e pessoas de negócios, líderes em suas áreas de atuação, que prestam serviços humanitários, fomentam elevado padrão de ética em todas as profissões e ajudam a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo.

Cerca de 1,2 milhão de rotarianos pertencem a mais de 31.000 Rotary Clubs em 166 nações. O trabalho é voluntário e busca angariar fundos para ajudar entidades da comunidade sem querer nada em troca.

Em Jaraguá do Sul, segundo Orjana, os eventos ocorrem duas vezes ao ano. “Fazemos dois eventos por ano, feito 100% por rotarianos, não contratamos serviços e ao fim utilizamos os recursos para beneficiar alguma instituição. Na próxima semana estaremos inclusive entregando um cheque para a Polícia Militar, fruto do ‘costelaço’ que fizemos”, revela Orjana.

Quer receber as notícias no WhatsApp?