Rota das Cachoeiras pode voltar a funcionar em breve

Cachoeira Salto Grande – Foto: Divulgação

Por: Maria Luiza Venturelli

28/06/2020 - 15:06

Um dos principais pontos turísticos da região, a Rota das Cachoeiras, localizada em Corupá, segue fechado há mais de dois anos. O local costumava receber milhares de pessoas ao ano, movimentando a economia do município de maneira sustentável. O local foi fechado devido aos prejuízos causados pelo “ciclone bomba”, em junho de 2020. A pandemia de Covid-19 também causou problemas para o retorno das atividades.

Sobre a Rota das Cachoeiras

Foto: Divulgação

Um dos belíssimos cartões postais de Corupá, a rota atrai visitantes que procuram se conectar com a fauna e flora local e apreciar belezas naturais encantadoras.

Em seus 1.153,66 hectares, a reserva tem uma grande importância ecológica, pois está inserida em um dos últimos remanescentes de Floresta Atlântica de Santa Catarina, ecossistema brasileiro que apresenta hoje menos de 8,8% de sua área original. Apesar da grande riqueza representada pela biodiversidade deste ecossistema, a rota é muito procurada pela existência de 14 cachoeiras de excepcional beleza.

Através de um percurso de 2.950m pela trilha denominada Passa Águas, situada ao longo do Rio Novo, é possível realizar a observação da fauna e flora, com suas exuberantes árvores encontradas no local, bem como admirar a beleza cênica proporcionada pelas cachoeiras formadas no Rio Novo. O final reserva as maiores surpresas, com a maior cachoeira de todo o trajeto, que foi batizada de Salto Grande e possui mais de 143 metros de queda, com um cenário natural ideal para fazer belos registros.

Para concluir essa exploração de forma segura, é importante dedicar aproximadamente quatro horas ao percurso. A administração da Rota das Cachoeiras está a cargo da Associação de Preservação e Ecoturismo Rota das Cachoeiras, que disponibiliza uma infraestrutura completa para os visitantes, incluindo áreas de estacionamento, banheiros com chuveiros revitalizantes e churrasqueiras para aqueles que desejam desfrutar de uma refeição ao ar livre.

Ao se preparar para essa trilha longa, é altamente recomendável vestir roupas leves e confortáveis, juntamente com tênis ou botas de caminhada com solados aderentes para garantir uma experiência segura e confortável. Além disso, é essencial estar bem equipado com água, suco, frutas, chocolates e outros lanches para se manter hidratado e energizado ao longo do percurso.

E, é claro, é fundamental conscientizar-se sobre a importância da preservação ambiental, assegurando que todo o lixo seja corretamente descartado em locais apropriados, sem deixar qualquer rastro na natureza. Vale ressaltar que a entrada de animais de estimação é excluída, garantindo a tranquilidade e o bem-estar de todos os visitantes

Local pode voltar a funcionar

Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores de Corupá aprovou na sessão do dia 5 de junho de 2023 a desapropriação amigável da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), onde está inserida a Rota das Cachoeiras, na região do Rio Novo Alto. Com a aprovação do projeto de lei 19/2023, o local passa a ser de propriedade do município de Corupá, assim que o prefeito em exercício, Cláudio Finta, sancionar a lei.

Os 1.153,66 hectares pertencem à empresa Florestal Rio Canoas Ltda., que tem sede em Lages. Na desapropriação amigável, o município pagará à empresa o valor de 650.003,00, que a mesma usará para o georreferenciamento e regularização da área.

A ação reflete o reconhecimento do valor e potencial econômico da Rota das Cachoeiras como um destino turístico significativo, capaz de atrair visitantes de todo o país e até mesmo do exterior.

Com a administração sob a alçada do município, espera-se que sejam implementadas medidas adicionais para melhorar a infraestrutura e promover a conscientização ambiental, garantindo que as futuras gerações possam desfrutar deste espetáculo natural de maneira sustentável.

Notícias no celular

Whatsapp