O Festival de Música de Santa Catarina, conhecido como Femusc, é o maior festival-escola de música erudita da América Latina. Acontece anualmente em Jaraguá do Sul e reúne músicos profissionais e estudantes de diversas partes do mundo, que dividem a sala de aula em formações específicas para instrumentos musicais, regência, bandas e outras combinações, além de partilharem o palco em grandes apresentações que são abertas ao público.

O presidente do festival, Ary Carlos Pradi, conta que o Femusc está presente em todos os continentes do mundo e já recebeu estudantes de mais de 50 países para participar do evento.

"O Festival de música de Santa Catarina é um evento que está presente em todos os cantos do mundo, ele já atraiu estudantes de mais de 50 países e professores de mais de 25. São 15 anos de sucesso. ", conta Ary Pradi.

Foto: Denis Natan

O festival acontece durante duas semanas, e em média são feitas 200 apresentações, divididas entre aquelas com um alto nível artístico internacional e outras mais populares.

Em 2021, devido à pandemia do coronavírus, o Femusc ocorreu de modo virtual. Ary Pradi recorda como foi possível se reinventar em tempos tão difíceis como este, mas sempre acompanhados da grande vontade de fazer arte, o que ajudou a tornar esse momento mais leve.

"Em janeiro desse ano, na pandemia do coronavírus fizemos uma amostra. Justamos todo o material dos 15 anos de festival e com a ajuda de alguns professores desenvolvemos todo ele de forma virtual, uma apresentação da nossa história. Infelizmente a pandemia impossibilitou que o nosso 16º Femusc acontecesse como desejávamos , mas por outro lado conseguimos ter uma experiência de troca virtual com a comunidade", diz Ary Pradi.

Além disso, o festival disponibilizou durante as duas semanas um link próprio que possibilitou os ouvintes a observarem as classes, fazerem anotações e até mesmo estarem presentes em atividades que antes só era possível participar um pequeno grupo de jovens instrumentistas como o Projeto Serioso e os Quartetos de Cordas.

Foto: Divulgação Femusc

Femuskinho

O festival tem espaço para todas as idades e um exemplo disso é o Femuskinho, uma colônia de férias musical para crianças entre 6 a 12 anos, que tenham ou não experiência com a música.

Existem classes de flauta doce, canto coral, musicalização e instrumentos de cordas, além de atividades de recreação para os pequenos músicos, que são planejadas por uma equipe de recreadores preparados para esse tipo de atuação.

Em outras edições do festival, as crianças já realizaram apresentações no espaço do Colégio Alfa Jangada e no Serviço Social do Comércio (Sesc). Depois de dias movimentados com ensaios e oficinas, os pequenos participam também do concerto de encerramento do Femusc.

Foto: Divulgação Femusc

Foto: Cesar Castro

Música o ano todo

O Femusc nunca para! Depois de 14 dias intensos e cheios de aulas, ensaios e concertos, todo esse ensinamento fica dentro dos alunos e professores, além de estar nas redes sociais do festival.

No YouTube, quem sentir falta de um concerto pode assistir a hora que quiser. Ali você pode ter acesso à maior coleção de músicas eruditas do Brasil e todos os Grandes Concertos que são transmitidos ao vivo no festival. Eles são editados e publicados separadamente, facilitando a busca por cada obra.

"Todo o material do festival está disponível no canal de Youtube, Instagram e Facebook do Femusc. É muito interessante esse conteúdo, porque é uma retrospectiva dos 15 anos do evento", diz o presidente do Femusc.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Femusc (@femusc)