Jaraguá do Sul é um polo industrial, isso nenhum jaraguaense tem dúvidas. O município se destaca quando o assunto é empreendedorismo e a garra e força de vontade que cada colaborador tem de fazer as coisas acontecerem.

Somos destaque em diversos setores e buscamos referências de todos os cantos do mundo. Além disso, muito do que Jaraguá do Sul faz também tem a ver com o espírito de voluntariado, de trabalho em grupo, o que com certeza também influencia no dia a dia de trabalho que faz com que os empregos gerados aqui, por meio das empresas que aqui são instaladas e que prosperam, sejam inúmeras vezes pautas nacionais.

Em 2020 vivemos tempos difíceis, mas apesar da baixa em diversos segmentos, outros se mantiveram aquecidos no município, aumentando assim a vontade do jaraguaense de empreender e de acreditar que poderia sim iniciar novas caminhadas.

Números de consultas

Nos últimos quatro anos foram 17.779 consultas de viabilidade por meio do Regin - Registro de Empresas (Junta Comercial, Registro Civil das Pessoas Jurídicas, Receita Federal, Secretaria de Fazenda Estadual, Prefeituras) que tem como objetivo desburocratizar os processos de abertura e alteração de empresas.

Destaque para o ano de 2018 que registrou o total de 5.580 consultas. Entretanto, mesmo com o impacto do coronavírus, em 2020 a Prefeitura registrou 4091 consultas. Em 2021, até junho, já foram quase 2100 consultas.

Já em relação ao número efetivo de abertura de empresas em Jaraguá do Sul, os dados de 2020 são positivos também. Com 2571 aberturas e 850 fechamentos, totalizando o saldo positivo de 1721, os dados - de janeiro a dezembro de 2020 - são da Secretaria de Desenvolvimento Econômico na Prefeitura de Jaraguá do Sul.

Celeridade como incentivo

De acordo com o secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi a celeridade no processo é prioridade da gestão.

"Ao longo da nossa gestão ocorreu um mutirão para deixar tudo em dia, e elencamos uma pessoa somente para ficar responsável pela análise do Regin. Hoje não temos nenhum processo acumulado e a consulta de viabilidade fica pronta em 24 horas", diz.

Eduardo Bertoldi

Programa Juro Zero

A adoção do Programa Juro Zero fez muita diferença ṕara que o empreendedorismo alcançasse esses voos em Jaraguá do Sul. O programa foi feito em parceria com três grupos operadores de crédito - Acrevi, Banco do Empreendedor e Blusol – a iniciativa foi voltada aos ME e MEIs que buscavam o recurso de até R$ 5 mil os quais são devolvidos em dez parcelas iguais de R$ 500.

Pagando as parcelas em dia, o Município assume as duas últimas, que são basicamente os encargos da operação. Com o Juro Zero foram atendidas diversas empresas que investiram em novas ferramentas, compra de insumos e de matéria-prima, mas principalmente, para manter o negócio funcionando em meio à pandemia.