Ao longo da Rota Alemã, três museus se destacam como acervo histórico das famílias de imigrantes que vieram para a região e construíram um legado de desenvolvimento e cultura.

Um deles é o Museu Pomerano, em Pomerode. A Casa do Colonizador e o Museu Wolfgang Weege, que completam esse roteiro, estão localizados em Jaraguá do Sul.

Quem faz uma visita aos locais, inicia a volta ao passado ainda do lado de fora das edificações, observando os diversos traços que remetem à arquitetura germânica.

Museu Emílio da Silva | Foto: Eduardo Montecino.

A Casa do Colonizador e o Museu Wolfgang Weege, inclusive, foram construídos no estilo “enxaimel”. A técnica se baseia na montagem de paredes com hastes de madeira encaixadas entre si e ficou popularmente conhecida na Alemanha.

Indo para a parte interna dos museus, os visitantes encontram milhares de objetos que contam a história da região e preservam a memória dos imigrantes que se dedicaram incansavelmente para o crescimento dos municípios.

Conheça abaixo um pouco mais sobre cada um desses acervos e planeje a sua visita.

Museu Pomerano

Foto divulgação

O Museu Pomerano revela fragmentos da história de Pomerode a partir da chegada dos primeiros imigrantes europeus, na metade do século XIX ao Rio do Testo, no Vale do Itajaí. O acervo de peças foi reunido pelo colecionador particular Egon Tiedt (1934-2008).

Ele iniciou em 1969 a coleta de objetos antigos que representavam a cultura alemã na região. Em 1982, Tiedt criou o Pommersches Museum - Museu Pomerano. Entre outros itens e documentos históricos, podem ser vistos no local, carroças, móveis antigos, utensílios de trabalho para a cozinha, acessórios para o vestuário, aparelhos e instrumentos musicais, bibelôs de época, equipamentos e ferramentas agrícolas.

Serviço

Endereço: rua Hermann Weege, nº 111 – Centro
Fone: (47) 3387-0408

Museu Wolfgang Weege

Foto: Grupo Malwee

O espaço foi inaugurado em 16 de maio de 1988, com o nome que homenageia o fundador do Grupo Malwee e do Parque da Malwee, Wolfang Weege. Foi ele quem deu início aos trabalhos de coleta dos objetos para construção do museu.

Hoje, o local conta com três áreas de exposição: Museu 1, Museu 2 e Espaço de Cultura Popular Bertha Weege. No total, o complexo possui mais de 1.700 peças em exposição, principalmente de meados do século XIX até a atualidade.

Serviço

Endereço: Parque Malwee, rua Wolfgang Weege, nº 770
Telefone: (47) 3376-0114

Casa do Colonizador

Foto: Secretaria de Turismo de Jaraguá do Sul

Localizada na avenida Prefeito Waldemar Grubba desde 1991, a Casa do Colonizador foi construída no início do século XX e ficava, originalmente, na rua Epitácio Pessoa, no Centro de Jaraguá do Sul.
A casa enxaimel foi realocada há mais de 50 anos e também conta com traços latinos, como uma varanda, por exemplo. As peças expostas fazem parte do acervo da reserva técnica do Museu Emílio da Silva.

Utensílios de cozinha e agrários, além de móveis e carroças estão entre os objetos que podem ser vistos no local. O museu também abriga peças que faziam parte de engenhos de cachaça, melado e chimia.

Serviço

Endereço: Av. Pref. Waldemar Grubba, 1811 - Vila Lalau, Jaraguá do Sul.
Telefone: (47) 3275-2146