Há 131 anos, uma pequena comunidade de pescadores viu uma grande luz se acender em direção ao mar. Uma luz de esperança e desenvolvimento que mudou para sempre a história e os rumos daquela região. Estamos falando do Farol de Santa Marta, um dos maiores destinos turísticos de Santa Catarina e um dos principais cartões postais de Laguna.

A majestosa estrutura, inaugurada em 11 de junho de 1891, é considerada o maior farol das Américas. São 29m de altura e 142 de escada em formato de espiral projetadas pelos pelos franceses Barbier Bernard e Turenne.

A obra foi basicamente toda construída com óleo de baleia e com apoio dos moradores da própria comunidade.

O farol foi instalado no local como uma forma de guia para os marinheiros indicando a posição da Pedra do Campo Bom, em Jaguaruna, uma formação rochosa que, segundo pesquisas históricas, foi responsável por afundar o navio de Giuseppe Garibaldi em 1839 durante a Revolução Farroupilha.

Características:

  • - Alcance geográfico (visível durante o dia com tempo limpo): 22 milhas náuticas ou 40,7 quilômetros

  • - Alcance luminoso (à noite com tempo limpo): 46 milhas náuticas ou 85,1 quilômetros

  • - Altura da torre: 29 metros - Altitude: 74 metros

  • - Câmera de luz: formada por cerca de 300 cristais com 2,66 metros de diâmetro e 3 metros de altura. Lâmpada de 1000 watts - Característica: grupo de ocultação de três lampejos. No período de 30 segundos, fica 15 aceso; 5,5 apagado; 0,3 acesso; 3,4 apagado; 0,3 acesso e 5,5 apagado

 

Clique aqui e receba notícias em seu WhatsApp