Católicos no mundo inteiro celebram nesta quinta-feira, 16, a Festa do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, também conhecida como Corpus Christi. Na Diocese de Criciúma, a solenidade, e seus tradicionais tapetes, voltará a ser celebrada nas ruas este ano. Em 2020 e 2021, as restrições devido à pandemia impossibilitaram que a tradicional celebração fosse feita como de costume.

"Através da Eucaristia, Jesus nos mostra que está sempre presente, e se faz alimento para que possamos crescer espiritualmente. Jesus nos comunica seu amor e se entrega por nós", explica o bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach. Segundo o epíscopo, esse é o único dia do ano em que as pessoas vão às ruas reverenciar o Corpo de Cristo, nesse sentido, todos são convidados a abrirem o seu coração para deixar Jesus entrar por onde passa. "Participar deste momento com o coração aberto é experimentar o amor infinito que Jesus tem por seus filhos".

Celebrações, procissões e doação aos necessitados

Em Criciúma, a missa inicia às 15h, na Praça do Congresso, com procissão que terá como trajeto a Rua Barão do Rio Branco, passando pela Rua Lauro Muller e seguindo pela Avenida Getúlio Vargas até a Catedral São José. No Santuário Diocesano do Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, em Içara, a missa acontece às 10h e às 15 horas. Em Nova Veneza, no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, a missa será às 8h, com procissão até o seminário. Durante a semana, todas as secretarias paroquiais estarão recebendo cobertores para serem doados.

Tradição dos tapetes

O tapete serve como um adorno devocional para que a Eucaristia vá ao encontro dos fiéis nas ruas da cidade. Este é um dos momentos excepcionais em que o Corpo de Cristo sai das igrejas. Os tapetes são uma manifestação da criatividade e dinamicidade das paróquias e comunidades. Geralmente os desenhos e frases estampados nas ruas são feitos com materiais como serragem e casca de arroz coloridos. Contudo, alguns grupos gostam de inovar e propor iniciativas diferentes, utilizando outros materiais como tecidos, materiais reciclados e flores.

 

Clique aqui e receba notícias em seu WhatsApp