Do luxo à proibição: a história dos grandes cassinos do Brasil

FOTO: divulgação

Por: OCP News Jaraguá do Sul

30/10/2023 - 10:10

https://pxhere.com/en/photo/1164158alé

A história dos cassinos no Brasil remonta desde a época do Império. No entanto, nesse momento histórico, era tudo menos glamouroso e espetacular. O auge mesmo se deu nos anos 1930 e 1940. Contudo, antes desse auge, em 1917, durante a presidência de Venceslau Brás, a prática foi proibida pela primeira vez em todo o território nacional. Os cassinos fecharam, causando um primeiro impacto negativo na economia.

Em 1934, porém, os cassinos foram regulamentados pelo então presidente Getúlio Vargas e, então, viveu-se um auge nos doze anos seguintes. Na época, existiam aproximadamente setenta cassinos em todo o país, em sua maioria localizados em grandes hotéis, reunindo empresários, famosos, políticos e até celebridades internacionais.

Não era só pelos jogos que os cassinos eram conhecidos, mas também pela exibição de grandes espetáculos musicais. Movidos pela expansão do momento maior do rádio brasileiro, os principais artistas nacionais apresentavam-se nos maiores cassinos do país, concentrados, principalmente, no Rio de Janeiro.

O Cassino do Copacabana Palace, símbolo do “glamour” carioca

O Cassino Copacabana Palace, o primeiro grande cassino brasileiro, estava localizado no interior do Hotel Copacabana Palace. Esse hotel é considerado um ícone da arquitetura carioca e, na época de sua inauguração, ostentava o título de maior hotel da América Latina, representando a modernidade da cidade. A construção do hotel tinha como requisito a inclusão de um cassino associado, criando assim uma sinergia entre as operações e um espaço dedicado a espetáculos, bailes e eventos artísticos.

FOTO: divulgação

File:Fachada do Copacabana Palace ao anoitecer – Rio de Janeiro – foto Carlos Alkmin.jpg – Wikimedia Commons

Inaugurado em 1923, o Cassino do Copacabana Palace era um local de extremo luxo e frequentemente recebia grandes espetáculos que atraíam uma plateia composta por personalidades famosas, como Albert Einstein, Frank Sinatra e Santos Dumont. Além disso, o Cassino Copacabana superava a infraestrutura de muitos casino ao vivo europeus da época, tendo recebido o título de melhor casa de espetáculos da América do Sul.

O Cassino da Urca, lar de grandes espetáculos

Inaugurado também no Rio de Janeiro, em meados de 1930, o Cassino da Urca foi, durante um tempo, o reduto de grandes artistas brasileiros. O empreendimento recebeu grandes nomes do showbusiness da época, como como Carmen Miranda, Emilinha Borba e Grande Otelo, além disso, tinha alguns diferenciais, como um serviço de barcos que ficavam à disposição para transportar pessoas para o Cassino de Icaraí, em Niterói.
Assim como o Cassino do Copacabana Palace, o Cassino da Urca viveu dias de glória e funcionou até o ano de 1946, quando os jogos de azar foram proibidos pelo então Presidente, Eurico Gaspar Dutra.

O dia em que tudo parou de funcionar

A manchete do jornal “A Manhã” em 30 de abril de 1946 estampava “União contra o Jogo”. Nessa edição, destacava-se o decreto-lei assinado pelo presidente Dutra que proibia os cassinos no Brasil. Vários historiadores sugerem que sua esposa, Carmela Teles Leite Dutra, teve uma influência significativa nessa decisão.
Com base no argumento de que o jogo era “degradante para a dignidade humana”, o decreto presidencial marcou o fim da indústria de cassinos no país, deixando aproximadamente 40 mil trabalhadores desempregados. Essa medida teve um impacto profundamente negativo na economia e no turismo.

Vale lembrar que a proibição perdura até os dias de hoje, apesar de haver vários movimentos no sentido de legalizar a atividade. Desde 2018, no entanto, os cassinos podem atuar de forma digital, oferecendo clássicos como jogos de roleta, poker, blackjack e slots em plataformas online, dentre os modos de jogo, onde é simulado todo o ambiente de um cassino físico, com interação e jogos em tempo real. Atualmente, essa ainda é a única maneira legal de jogar em um cassino no Brasil.

Existem discussões acerca da volta dos cassinos físicos tradicionais, o assunto ainda é debatido pelo Congresso Nacional e tende a ter um desfecho nos próximos anos.