Pensa que só de sétima arte vive a Cineramabc Arthouse? Claro que não. Tanto é que, pela segunda vez no ano, Wander Wildner dá o ar da graça no cineclube de Balneário Camboriú, e pelo melhor dos motivos: lançar seu 12º disco pós-Replicantes. O show é nesta quinta (19), véspera de feriado local, a partir das 21h. O ingresso custa R$ 15.
O novo trabalho se chama “Depois de Gritar me Cansei Rouco e ao Pensar no Mundo eu me vi Louco”, gravado entre dezembro e janeiro em Porto Alegre. Nele, encontramos um Wander 100% intérprete, dando rouquidão e alma a canções dos amigos e parceiros Gustavo Kaly, Cristiano Carlos, Cleverson Cassanelli e Giancarlo Morelli.
O projeto pode ser peculiar, mas o instinto sonoro e poético é o que o bardo gaúcho costuma entregar, ou seja, punk, folk e alt-country que falam sobre a estrada, vida, desilusões e paixões. Mas em meio a novidades como “Boliviano”, “Estradas de SC”, “O Último Romântico da Rua Augusto” e “O Mundo sem Joey”, é de se esperar que ele entregue alguns clássicos de sua lavra, tipo “Bebendo Vinho” ou “Amigo Punk”.

Psicologia

 

Voltando ao cinema, o cineclube promove no sábado (21) a terceira edição do Psicologia no Cineramabc Arthouse. A sessão do filme “Freud – Além da Alma”, de John Huston (1962), começa às 14h e contará com um debate entre convidados e o público. No longa, Freud (Montgomery Clift) faz avanços usando a hipnose. Sua principal paciente é uma jovem que não bebe água e é atormentada sempre pelo mesmo pesadelo.