A Tekoa Piraí, em Araquari, estará aberta durante duas semanas do mês de julho para uma vivência de troca. A comunidade indígena busca voluntários para reparar o teto da Casa de Rezo.

Em troca, os participantes aprendem a técnica que transforma capim, chamado de capi’i, em cobertura e podem conhecer de perto a cultura Guarani Mbya.

Participantes são convidados a conhecer a mata de onde a comunidade tira matéria-prima | Foto: Natália Trentini/Divulgação

O trabalho acontece entre os dias 7 e 20 de julho, incluindo dias de semana e fins de semana. Além do aprendizado e reparo da estrutura, os participantes podem acampar na aldeia, fazer refeições comunitárias e participar das noites na Casa de Rezo, chamada Opy em na língua tupi-guarani.

Os participantes podem escolher quantos dias querem participar. É uma oportunidade de colaborar com a comunidade indígena, mas a troca e aprendizado - com profundos ensinamentos de vida a quem estiver aberto a receber - é o maior objetivo da vivência.

Cobertura da Opy, a Casa de Rezo Guarani, será trocada com ajuda dos voluntários | Foto: Divulgação

É preciso levar alimentos para partilha (ver lista na hora da inscrição), utensílios pessoais (prato,copo, talheres e itens de higiene pessoal) e material de acampamento.

É possível acessar o formulário para inscrição na vivência Guarani ou entrar em contato com os organizadores.

 

Serviço

O quê: Vivência M'bya Guarani na Tekoa Piraí - Cobertura com capi'i
Quando: 7 a 20 de julho, diariamente
Onde: BR-280, KM 38, Araquari
Quanto: R$35,00, diária por pessoa; R$20,00, para estudantes e criança. Pacote de 14 dias na aldeia, R$ 450,00; para estudante o pacote é R$ 250.

Mais informações com Letícia (47) 99162-5662 ou João (47) 98916-5474 e na página no Facebook sobre a Vivência M'bya Guarani.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?