Balé clássico, acrobacias, jazz e ritmos urbanos. Todas as modalidades de dança da Scar estarão unidas no espetáculo “O Quebra Nozes”, um dos balés mais famosos de Tchaikovsky, que ganhou uma nova roupagem, mas sem perder a originalidade da obra tradicional. A apresentação foi criada para os jovens dançarinos celebrarem o fim das atividades do ano. Mais de 280 alunos devem subir no palco do Grande Teatro para dar vida ao espetáculo. Conforme o coordenador da Escola de Dança, Egberto Saurini, a ideia foi reunir todos os alunos para contar a história, repleta de fantasias e magia, que se tornou uma tradição natalina. “Essa é a primeira vez que estamos fazendo um balé de repertório, então temos como desafio incluir as outras modalidades de dança. Fizemos algumas adaptações, mas sem perder a originalidade da história, afinal de contas é um clássico”, conta. Saurini explica que os jovens bailarinos foram divididos em grupos e serão realizadas quatro apresentações do espetáculo: na quarta-feira (13) e quinta-feira (14), às 18h e 20h30. “A primeira sessão de cada dia é dos alunos de até dez anos, à noite é dos maiores, mas todos apresentam o mesmo espetáculo”, completa. A apresentação é baseada no conto O Quebra Nozes e o Rei dos Camundongos, de E. T. A. Hoffmann, que conta as aventuras de um quebra-nozes de aparência humana, vestido como um soldado, que ganha vida na noite de Natal. “Todo ano realizamos uma apresentação especial e desta vez decidimos fazer esse espetáculo. Desde agosto os alunos trabalham em cima da coreografia e é mais um momento de aprendizado para eles”, enfatiza o coordenador. SERVIÇO  O quê: espetáculo “O Quebra Nozes”, pela Escola de Dança da Scar Quando: Nesta quarta-feira e quinta-feira (14), com sessões às 18h (apresentação das crianças até 10 anos) e 20h30 (apresentação dos alunos maiores de 10 anos) Onde: Grande Teatro. Quanto: inteira R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada) LEIA TAMBÉM: - Agenda Cultural | Exposição retrata aldeias indígenas do país