A Universidade de Coimbra, Portugal, encerra na próxima quarta-feira (24), o prazo para que estudantes brasileiros se candidatem a seu processo seletivo. A instituição portuguesa aceita notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de aprovação.
Os candidatos devem ter feito um dos três últimos exames (2017, 2016, 2015) e possuir diploma do ensino médio.
As notas do Enem têm pesos diferentes para cada curso na instituição portuguesa. A nota mínima de candidatura para curso de graduação é de 120 valores na escala portuguesa de 0-200, que equivale a 600 na escala do Enem.
“Cada curso tem um peso. Alguns valorizam mais a redação ou outras matérias, conforme a opção do curso pelo aluno”, explica a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini. Esses valores podem ser consultados na página da universidade na internet.
A Universidade vai divulgar os resultados no próximo dia 2 de fevereiro.
Diferente do Brasil, a Universidade de Coimbra é uma instituição pública, mas que cobra uma uma taxa de frequência devida pelo estudante à instituição como forma de contrapartida nos custos do ensino.
“Há vagas para brasileiros em cada curso da universidade sem necessidade de vestibular. E mesmo que o aluno se candidate a bolsa, vai passar pelo mesmo critério de seleção dos demais”, explica a presidente do Inep.
O diploma de curso superior da universidade portuguesa é revalidado pelo MEC, informa Maria Inês. Ou seja, é reconhecido pelo Brasil.
Acesse a página para saber mais sobre a universidade. Você também pode clicar aqui para ver os cursos oferecidos e aqui para saber sobre critérios de seleção.
Fonte: MEC