"Nada sobre nós, sem nós!” Este é o tema da sétima edição do Seminário e Mostra Arte para Todos, que começa nesta quarta-feira (24) e vai até sábado (27) no Sesc de Joinville e em outros espaços da cidade, como o Museu de Arte de Joinville (MAJ) e o Centro de [Trans]formação Cultural Arte para Todos (Impar/Ajaice). O Impar é a realizadora do evento, que tem o apoio do Sesi/Fiesc, da Clic Propaganda e da RW Contadores e o patrocínio do Sesc e Fitej.

A programação é toda gratuita (credenciamento AQUI), excetuando os workshops, e tem como questão central a participação de pessoas com deficiência ou transtorno mental nos processos de desenvolvimento de políticas públicas, em projetos de inclusão promovidos no setor privado, por instituições, escolas e empresas; e também no setor cultural, nos projetos de acessibilidade e nos processos de formação e produção cultural. A agenda completa se encontra AQUI.

A noite de abertura, às 19h, no Sesc, tem como grupos convidados o Balé de Cegos  (SP) e a Cia. de Dança Lápis de Seda, de Florianópolis (foto no alto), que apresentará o espetáculo "Convite ao Olhar". E ainda uma participação especial da cantora Felícia Oliveira, de Joinville. Nas três noites seguintes, as atrações são joinvilenses: Grupo de Teatro Arte para Todos (quinta, 25), Grupo de Teatro Libração (sexta, 26) e o Grupo Musical Clave de SOIS (sábado, 27).

Divulgação

Entre as novidades do seminário neste ano está a realização da mostra Cine Arte para Todos, com a exibição dos documentários “Olhando para as Estrelas” (foto acima), sobre duas bailarinas que fazem parte da única escola de ballet para cegos do mundo, sediada em São Paulo; e “Síndrome de Clown”, que conta a história de Karla, que é clown, e Lígia, que é Down, e a relação de amizade construída por meio da palhaçaria. As exibições acontecem nas tardes de quinta e sexta-feira, às 16h30, no teatro do Sesc, com entrada gratuita.

Outra novidade deste ano é o projeto Experiências Inclusivas, que será realizado nos dias 25, 26 e 27, das 18h às 19h, no hall do Teatro do Sesc, com a participação de artistas convidados que a cada dia irão apresentar seus cases e histórias sobre arte e inclusão.

Durante o evento serão promovidos quatro workshops de dança e teatro. Na quinta, serão realizados os workshops de dança com as professoras Fernanda Biachini, diretora do Balé de Cegos (9h às 11h) e Ana Ciscato, diretora da Cia. Lápis de Seda (14h às 16h), no SESC. Na sexta, é a vez do Workshop de Teatro Playback com a professora Manoella Carolina Rego, diretora do Grupo de Teatro Libração (9h às 11h), em local ainda a confirmar; e do workshop de Teatro Inclusivo na Escola, com o professor Robson Benta, diretor do Grupo de Teatro Arte para Todos (14h às 16h), também no Sesc. As inscrições podem ser feitas pelo Sympla e o valor do investimento é de R$ 30,00 (para pagamento antecipado) ou R$ 50,00 para pagamento no dia do evento.

Chico Maurente, divulgação

A programação conta ainda com apresentações no Sesc, na quinta e no sábado, às 19h, do projeto “Toda história merece ser contada”, com os integrantes da oficina de teatro do SOIS/Arte para Todos, no sábado, às 15h, no jardim do MAJ; e também com as apresentações da Mostra Didática, com participação de alunos, pais e professores, e trabalhos dos alunos das Oficinas de Vivência Artística do Impar/Ajaice (foto acima).

Já a programação temática do evento conta com a participação de diversos profissionais convidados e também de integrantes das oficinas dos grupos de teatro do Programa de Formação Cultural Arte para Todos. Quatro mesas de discussão acontecem de quarta a sábado, às 19h30, no Sesc, e a quinta, no dia 27, será às 15h30 no MAJ.