Nesta semana, uma publicação da Revista Exame, do Grupo Abril, destacou a WEG como exemplo a ser seguido no mercado de energia renovável. A empresa jaraguaense é elogiada, principalmente, por saber aproveitar as oportunidades na venda de equipamentos para a produção de energia solar e eólica.

Confira os melhores trechos da matéria:

Fundada há 56 anos em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, como fabricante de motores elétricos, a empresa tem dado atenção especial às novas modalidades de geração de energia. Passou a trabalhar com a solar há cinco anos e, desde então, viu o interesse do mercado crescer rapidamente.

A receita da empresa com os produtos e os projetos ligados à área subiu 70% no ano passado, e a projeção é continuar nesse ritmo pelos próximos anos. A maior procura tem um motivo concreto: a viabilidade financeira do investimento.

“Quando começamos, eram necessários oito anos para recuperar o investimento num sistema de energia solar. Hoje, o prazo já caiu para seis anos e vai continuar caindo”, diz Harry Schmelzer Jr., o presidente da WEG, que registrou 144 patentes de novas tecnologias e produtos apenas em 2016.

As obras já realizadas pela empresa em energia solar somam 155 MW de potência instalada, volume suficiente para abastecer 150 000 casas. Para disseminar o uso dessa modalidade entre os consumidores comuns, a WEG criou um kit residencial e treinou mais de 300 parceiros em todo o país.

A unidade de aerogeradores também cresce. Em 2014, a empresa fez sua primeira entrega na área. Hoje existem 90 aerogeradores da WEG instalados no país.

Clique aqui para ler a reportagem completa.
Fonte: Exame