Vai ter peça infantil, de formas animadas, com temas duros, palhaçaria, comédia e playback. Ecletismo não faltará no Verão Teatral, evento tradicional de início de ano promovido pela Associação Joinvilense de Teatro (Ajote) quem chega a sua sétima edição em 2019. A programação no galpão da Cidadela Cultural, entre 2 de fevereiro e 31 de março, está inteira AQUI, junto com a venda de ingressos.

No total, serão apresentados 12 espetáculos, quatro deles de fora de Joinville. A maioria, porém, já foi fartamente encenada nos palcos locais, como “Os Palhaços”, “A Princesa Margarida”, “A Farsa do Juiz” e o teatro playback da Dionisos Teatro.

Haverá, no entanto, duas estreias: “Bio (Círculo da Vida)”, novo trabalho da Metamorfose Cia. Cênica, dirigido por Sabrina Lermenn e atuação de Angela Finardi; e “João e o Pé de Feijão”, um dos espetáculos que a Essaé Cia. herdou da Turma do Papum, de Florianópolis, que encerrou as atividades e doou seu repertório para o grupo joinvilense. Também da Essaé, “O Carteiro” (foto acima) estreia sua nova direção de cena, a cargo agora de Guilherme Peixoto, da Cia. Mútua, de Itajaí.

É preciso ainda chamar a atenção para a peça que abre o Verão Teatral, “A Menina e sua Sombra de Menino” (foto no alto), da Malagueta Produções, da Capital. Por sua temática a respeito do que é “coisa de menino” e “coisa de menina”, o espetáculo sofreu ataques e precisou cancelar apresentações em algumas cidades catarinense no ano passado.