"Tudo que não quero falar sobre amor” é o nome do disco que o casal paranaense Estrela Leminski e Téo Ruiz lançaram no ano passado e que apresentam no Sesc de Jaraguá nesta sexta (21), às 20h. A entrada é livre para conferir o rock poético (misturado a vários outros elementos) da dupla, que com o trabalho faturou alguns prêmio, como melhor clipe no Rio Web Festival 2017 (da música “Poliamor”) e a categoria rock do Prêmio Profissionais da Música 2018.

Indo na contramão da lógica da indústria musical, Téo (vocal e guitarra) e Estrela (vocal, filha do poeta Paulo Leminski) decidiram lançar os clipes antes do disco, entre abril a agosto do ano passado. São 12 músicas gravadas em quatro cidades diferentes (Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre), com sete produtores, entre eles Guilherme Kastrup (produtor e diretor artístico do disco “A Mulher do Fim do Mundo”, de Elza Soares), John Ulhoa (Pato Fu) e Pupillo (Nação Zumbi).

O rock poético, de ênfase na canção, ganhou visões diferentes, mas sem perder a unidade e coesão dentro dessa diversidade de nomes. O som é pop com ruído, urbano e contemporâneo, e o título não poderia ser mais direto: apesar de Estrela e Téo serem um casal, não espere canções românticas de amor.