A cirurgia de aumento peniano do cantor Tiago, da dupla sertaneja com Hugo, registrou uma alta na procura na clínica de Blumenau que realizou o procedimento, depois que o artista falou sobre o assunto.

O estabelecimento precisou criar uma fila de espera para atender os pacientes, segundo reportagem do G1 SC.

Tiago fez a cirurgia em 6 de julho. "Antes do Tiago, não havia fila de espera. Agora, há fila de espera. De quantas pessoas é difícil precisar. Muitos pacientes ainda estão fazendo exames. Mas só consigo marcar cirurgia para outubro agora", contou o médico responsável pelo procedimento, Cláudio Eduardo Pereira de Souza.

Segundo ele, a demanda praticamente dobrou. A clínica fazia de uma a duas cirurgias de aumento peniano por semana. Agora, são de três a quatro.

A cirurgia feita pelo cantor Tiago foi uma faloplastia, informou o médico. O procedimento cirúrgico tem o período de duração de duas horas. O paciente fica internado e recebe alta no mesmo dia.

A operação tem três etapas:

  • Lipoaspiração na região pubiana com intuito de coleta de gordura;
  • Liberação do ligamento suspensor do pênis para obtenção do ganho do comprimento;
  • Utilização da gordura previamente lipoaspirada para enxertar ao redor do pênis para se ganhar o diâmetro.

"Em relação à restrição pós-operatória, o paciente urina normalmente. Como ele urina antes da cirurgia, ele vai continuar urinando, claro com o pênis um pouco mais inchado, mas sem restrição alguma. E, claro, os primeiros dias pede-se que o paciente mantenha certo repouso. Não é a vida como antes. O paciente, pelo menos nos primeiros dias, vai ter que descansar um pouquinho mais, evitar ficar andando pra baixo e pra cima. Vai ter que utilizar um modelador cirúrgico", disse o médico.

O paciente também precisa ficar um mês sem fazer sexo. O resultado pode variar de 3 a 5 centímetros a mais de comprimento e cerca de 30% a mais de diâmetro.

A cirurgia é estética. O Ministério da Saúde confirmou que ela não é feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).