Em noite marcada por homenagens, 11 mulheres, profissionais, foram agraciadas com a 3ª edição do Prêmio Maricota. A premiação foi entregue na noite desta última quinta-feira, no Teatro Álvaro de Carvalho.

As homenageadas em seus respectivos segmentos foram:

  • Maria Helena Kraeski (Esporte)
  • Margarida Baird (Cultura)
  • Ângela Bastos (Jornalismo)
  • Rose Macedo Coelho (Empreendedorismo)
  • Kelly Cristina Vieira (Agente Público Municipal)
  • Sandra Regina da Costa (Saúde)
  • Maria Clara Schneider (Educação)
  • Maria Lúcia Rogério Locks (Jurídico)
  • Larissa Kroeff (Meio Ambiente)
  • Gabriela Miranda Ramos (Desenvolvimento Social)
  • Regina Fraga (Segurança Pública)
  • Laura Vieira Amorim (Maricotinha)

“Devemos apoiar, incentivar e valorizar as mulheres, não somente neste Dia Internacional, como também todos os dias. Já não existe mais espaço para qualquer tipo de preconceito contra elas. E com esse prêmio, essa linda homenagem, estamos deixando isso bem claro para toda sociedade. Bons exemplos têm que ser sempre reconhecidos”, afirmou o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Entre as homenageadas estão mulheres empreendedoras, artistas, servidoras públicas, professoras, do meio jornalístico, do esporte e do direito. Um desses exemplos é Kelly Cristina Vieira, premiada na categoria Agente Público Municipal. Kelly possui 23 anos de carreira e atua como assistente social na Secretaria Municipal de Infraestrutura, da Prefeitura de Florianópolis, onde é Chefe do Departamento do Trabalho Social da Diretoria de Habitação.

Entre as homenageadas estão mulheres empreendedoras, artistas, servidoras públicas, professoras, do meio jornalístico, do esporte e do direito | Foto Crisriano Andujar/PMF/Divulgação

Em sua trajetória, destacam-se os primeiros dez anos de carreira atuando em programas de defesa dos direitos da criança e do adolescente, e a partir de 2007 atuando em programas de desenvolvimento urbano, levando infraestrutura essencial, desenvolvimento social  e comunitário para  as áreas de interesse social do município. Exemplo de seu trabalho é o PAC do Maciço do Morro da Cruz, o maior programa do segmento no Estado, por envolver uma população de cerca de 60 mil pessoas e 16 comunidades.

“Me sinto honrada em receber esse prêmio porque já são mais de 23 anos no serviço público. Todos os dias acordo para trabalhar como se fosse o primeiro. É emocionante poder falar em nome de tantas mulheres fortes, empoderadas, que da sua maneira e em sua área de atuação, está sendo homenageada hoje, e fazendo a diferença " disse Kelly, que discursou representando às demais homenageadas.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?