O curta documentário “Joinville Abandona” não tem nenhuma conotação política, como alguns possam pensar. Antes, o filme de Luciano dos Santos Alves lança questionamentos sobre legislação, obrigações de proprietários (públicos e particulares), tombamento, descaracterização e até aventa interesses escusos a respeito dos inúmeros prédios na cidade jogados às traças. Em meio a imagens pouco agradáveis aos olhos, colhidas em visitas a locais como a Cidadela Cultural, o antigo Fórum e o Colégio Conselheiro Mafra, entre outros, um advogado, um paisagista e um arquiteto discutem a questão: por que há tantos prédios abandonados em Joinville? O que diz a lei? E o que pode haver por trás dessa situação? “Joinville Abanonda” foi lançado no começo de março, com exibição no Sesc, e acaba de ser disponibilizado no YouTube. Mas pode assisti-lo abaixo sem problemas. https://www.youtube.com/watch?v=UeNuSsITQRA&feature=youtu.be