Nesta semana, em audiência pública, a Prefeitura de Itapema divulgou mais detalhes sobre o projeto do Píer Turístico da Foz do Rio Perequê.

Serão cerca de 180 metros mar a dentro, com mais de 2 mil metros quadrados de área construída. Ao todo, serão 28 unidades comerciais que poderão ser utilizadas para restaurantes, bares e lojas, além de vagas náuticas e espaços para lazer e convivência.

Todo o empreendimento leva em consideração as normas internacionais para acessibilidade.

A obra não terá investimentos do poder público e será feita por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), mesmo modelo que usado pelo Porto de Itajaí para construção da Marina Itajaí.

Pela PPP, o poder público entra com o espaço e fica responsável pela emissão de licenças. A iniciativa privada constrói e administra o empreendimento.

Terminado o período de concessão, o empreendimento retorna ao município com os investimentos feitos.

O projeto escolhido foi o da empresa HMI, do Rio de Janeiro (RJ). A obra prevê também um molhe, que vai direcionar as águas do Rio Perequê para o mar. A obra está avaliada em R$ 19 milhões.

Confira mais imagens do projeto

Foto Reprodução

 

Foto Reprodução

 

Foto Reprodução

 

Foto Reprodução

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger