Na edição desta quarta-feira (7) de O Correio do Povo, o conselheiro e colunista Nelson Pereira traz o resgate histórico feito originalmente por Egon Jagnow de imigrantes húngaros que deram origem ao Jaraguazinho.

"Caro leitor, hoje nossa viagem no tempo lhe levará ao ano de 1998. O OCP publicava na página 3 do Caderno 2 (História em Fotos), daquela edição nº 4.156 de 31/07/98, um importante resgate feito pelo historiador e colunista Egon Jagnow, retratando os imigrantes húngaros que aqui chegaram há 130 anos, com sua rica cultura. O strudel, tão apreciado por nós jaraguaenses, dentre outras manifestações culturais, é herança desse povo. Desfrute dessa viagem.

Atualmente, todo o acervo histórico do jornal, desde 1919, encontra-se em processo de digitalização. Oportunamente poderá ser acessado pela comunidade."

História em Fotos, por Egon Jagnow, na edição de 31/07/1998 de O Correio do Povo | Imagem: Reprodução/Arquivo OCP News

Texto da publicação original:

Dentre os imigrantes húngaros que vieram ao Garibaldi e Jaraguazinho estavam: Georg Wolf e Gaspar Schmidt (pai do professor Wendelin Schmidt). Conta-nos Emílio da Silva que certo dia os dois foram buscar uma novilha em Rio Ada (Rio dos Cedros). A certa altura a novilha não quis mais seguir a picada. Que fazer? Forçá-la a seguir seria arriscar a que despencasse em um dos grotões que rodeavam a picada. Lá foi o Gaspar pedir ajuda. Depois de algum tempo, voltou com alguns homens. Amarraram as patas da novilha em cipós. Penduraram-na numa vara e carregaram-na morro abaixo. "Dessa forma, iniciou-se, em Jaraguazinho, a criação de gado com a vaquinha prenhe, transportada com inauditos sacrifícios", conclui nosso historiador. Isso mostra que as dificuldades estavam presentes no dia-a-dia destes pioneiros, até nas coisas simples e pequenas. Contudo, venceram, transformando a região numa colônia rica e próspera.

A foto mostra a Comunidade "Heilige Kreutz" (Santa Cruz) de Jaraguazinho. Alguns pioneiros e seus descendentes em frente à capela. Professor Wendelin é o que tem o livro nas mãos.

Foto recente da comunidade:

Comunidade Santa Cruz, Jaraguazinho | Foto: Divulgação/PMJS