Só em 2018, o VJ joinvilense Leandro Vigas já realizou trabalhos no México, Espanha, Canadá, Grécia, Itália e Colômbia, mas um dos mais impressionantes aconteceu no fim de semana passado no interior do Piauí.

Pelo segundo ano, ele assinou o videomapping da Ópera da Serra da Capivara, projeto multicultural que usa como cenário o majestoso anfiteatro da Pedra Furada, no Parque Nacional da Serra da Capivara.

Além de servir de cenário natural para as apresentações de dança e música da região, a cortina de rochas virou uma imensa tela de cinema para as imagens criadas por Vigas, de acordo com a temática de cada noite (em geral, ligada ao circuito turístico e arqueológico do parque).

“No ano passado, o tema foi o surgimento do universo, do ser humano e sua evolução. Neste ano foi a tribo krahô, uma das mais antigas do Brasil”, conta Vigas a Orelhada.

“A experiência é única. O evento é montado em meio ao Parque da Serra da Capivara, um dos maiores sítios arqueológicos do mundo. Tem mais de mil sítios com pinturas rupestres com mais de 4 mil anos. A energia do lugar é surreal”, completa.