Torça pra não chover nesta noite de sexta-feira (10), porque ela vai ser especial. Vai rolar um show especial no céu. E não vai ser só a beleza da lua cheia, não. Um eclipse lunar, o chamado eclipse penumbral, promete encantar os "espectadores" de todo o Brasil.
Neste tipo de eclipse, a lua cheia vai perder um pouco do seu intenso brilho, como se alguém colocasse um filtro na frente do disco lunar, uma espécie de insulfilm. O filtro na verdade é a penumbra provocada pela Terra.

Veja como o Sol, a Terra e a Lua ficam posicionados, o que produz diferentes eclipses lunares:

a9d16a4590f1f3ed3af556d13f68f471

O que vamos ver?

A Lua cheia ficará menos brilhante, opaca , como se estivesse com um véu acinzentado. A montagem abaixo mostra as fotos tiradas durante o eclipse lunar penumbral de 24 de abril de 2015, pelo professor e divulgador científico Marcos Calil, do canal , em Extrema, no Sul de Minas.

cb62bfbc61033c79af667037f7b7ce0f

Quando ver o Eclipse?

O eclipse lunar penumbral poderá ser observado entre o fim da noite da sexta-feira, 10 de fevereiro, e o começo da madrugada de 11 de fevereiro de 2017 .

O ponto máximo do eclipse será às 22h43 no horário brasileiro de verão, o que corresponde a 00h43 UTC, hora universal do dia 11 de fevereiro. Nos Estados sem horário de verão, o máximo do eclipse ocorre às 21h43 da noite.

Praticamente todo o Brasil poderá ver este eclipse lunar penumbral na sua totalidade, em todas as suas fases . No Acre, numa pequena porção no oeste de Rondônia e nas porções sul e oeste do Amazonas , este eclipse poderá ser observado apenas no nascer da Lua, quando a Lua cheia estiver surgindo no horizonte.

Não precisa de equipamento!

Você não vai precisar de nenhum equipamento especial para ver o eclipse lunar penumbral, apenas de um tanto de paciência. Eclipses lunares podem ser observados a olho nu, mas se você tiver um binóculo, de preferência um especial para a observação astronômica, ou uma câmera fotográfica digital terá uma visão privilegiada.

Mas, atenção! Mesmo que o céu esteja sem nuvens, se você estiver num centro urbano, onde há muita luz artificial não será possúvel ver o eclipse. A diminuição do brilho é sutil e só será realmente percebida em lugares longe dos centros urbanos. Mas se você for, por exemplo, para uma estrada onde já não tenha mais os postes de iluminação pública, já estará num local suficientemente escuro para ver este tipo de eclipse. Então, a dica é: saia da cidade, vá para o campo, em lugares escuros .

A Climatempo em parceria com professor Marcos Calil, do Momento Astronômico, fará a transmissão AO VIVO do eclipse a partir das 22 horas, horário de Brasília.

O professor Marcos Calil explica como será o eclipse lunar penumbral:

https://www.youtube.com/watch?v=4XpUo2pBNwQ

Nebulosidade

O espetáculo é de graça, mas se houver muita nebulosidade ou se estiver chovendo, ninguém verá nada do eclipse lunar penumbral.

As condições meteorológicas parecem um pouco mais favoráveis aqui em Santa Catarina, em comparação ao resto do Brasil. Veja no mapa; As manchas esbranquiçadas e cinzas representam a nebulosidade. Quanto mais preto, menos nebulosidade é prevista para a região:

bf16155e668fc5eac18b9abd52040bc6

Fontes: Terra e Agência Brasil

Foto de capa: Beto Figueiroa/Acervo JC Imagem