Em meados da década de 1980, quando a galera nem sonhava com a internet, uma "rede social" nasceu para que as pessoas pudessem aumentar seus círculos de amizade. Quem aí lembra do “145”? Não foram todos que pegaram essa época, afinal o serviço fez sucesso até início dos anos 2000.
Era só discar o número no telefone, e se divertir conversando com várias pessoas na linha. Naquela época, era o chamado “disque-amizade”, e a galera amava! Dizem que do 145 surgiam boas amizades, namoros e até casamentos. Seria este o primeiro Tinder da história? :P
Quem pegou o início da ascensão da internet, deve ter passado pelas famosas salas de bate-papo ou "chats". O 145 era praticamente isso, só que a conversa era falada. Quem não passou pela experiência deve imaginar - assim como eu- que essas conversas eram uma bagunça, mas dizem os ex-usuários que dava super certo.
Nessa conversa coletiva, os participantes costumavam usar pseudônimos, pois ali, inicialmente, todos eram desconhecidos. A “brincadeira” era divertida, e servia de incentivo às pessoas solitárias, desiludidas, e esperançosas de encontrar ou reencontrar um amor.
Mas imagine que, como o telefone era um dos poucos recursos de comunicação a distância da época, não era muito barato o valor do minuto: R$ 0,48. Hoje pode não parecer nada, mas há alguns anos os centavinhos a mais a cada minuto na conta de telefone, pesavam no bolso, sim.
E pra relembrar, fica aqui uma propaganda de divulgação do serviço na década de 90:
https://www.youtube.com/watch?v=YjQoj0YY-84