A história do nascimento de Jesus Cristo será contada através de um grande musical no Grande Teatro da Scar. Os núcleos de produção artística da entidade se uniram para dar vida à narrativa bíblica no espetáculo “O presépio de Natal”, que tem apresentações no sábado (9) e domingo (10). Conforme o diretor do espetáculo, Fred Paiva, a cada ano o Auto de Natal tem uma temática diferente, mas dessa vez decidiram voltar ao cenário do presépio. “Faz dez anos que não fazíamos essa história, a cada ano passamos por outras ideias, mas decidimos fazer esse retorno e mostrar outras possibilidades para a história do nascimento de Jesus”, explica. Ao longo dos cerca de 50 minutos, o público vai se deleitar com os 150 artistas, entre professores e alunos, além de 30 profissionais na equipe técnica e direção, relembrando a história através música, dança e teatro. O espetáculo, que está sendo produzido há mais de seis meses e nesta semana segue ritmo intenso de ensaios, é praticamente todo coreografado e conta com muitas projeções, sem fugir do enredo tradicional. “Trazemos muita dança, coreografias e música, mostrando algo diferente do presépio tradicional, mas mantendo a história original”, enfatiza. Além disso, o público pode se preparar para se emocionar com algumas surpresas.
Iniciativa reúne bailarinos e orquestra, além de coral, atores e músicos convidados afim de resgatar o espírito natalino|  Foto WeArt/Divulgação
Paiva explica que o espetáculo também é um grande momento de confraternização entre todos os núcleos da Scar. Ele conta que desde 1999, quando o Pequeno Teatro da entidade foi inaugurado, é realizado o Auto de Natal. A iniciativa reúne atores, bailarinos, coral, orquestra e músicos convidados afim de resgatar o espírito natalino. “Ao longo de todo ano cada um deles fica fazendo seus trabalhos, mas no fim do ano juntamos esforços para criar um espetáculo onde todos tenham o sentimento de ser algo único. Trazemos à tona o espírito natalino de se unir, repensar, de ver o outro, ver como o outro trabalha e ver como é a dinâmica de cada uma das áreas”, diz. Segundo o diretor, a ideia é que toda a energia criada na produção do espetáculo “transborde para o público”. O Auto de Natal terá duas apresentações: uma no sábado (9) e outra no domingo (10), ambas às 19 horas no Grande Teatro. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10, e já estão à venda na bilheteria da entidade.