Entre os dias 23 e 29 de setembro, o Museu Nacional da Imigração e Colonização de Joinville (MNIC) leva o projeto “Mala dos Viajantes” para as escolas da região.

O projeto faz parte da programação da 13a Primavera de Museus, evento nacional realizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

Através de oficinas, uma equipe de educadores e monitores do MNIC leva às escolas uma mala antiga contendo cerca de vinte objetos, muitos deles já obsoletos e em desuso.

Os alunos e professores identificam os objetos e passam a relacioná-los com memórias familiares, com o cotidiano e com a própria história do museu.

De acordo com a educadora do Museu Nacional da Imigração e Colonização, Elaine Cristina Machado, a inclusão da “Mala dos Viajantes” na 13a Primavera dos Museus, vem ao encontro do tema do evento deste ano: “Museu por dentro, por dentro dos museus”.

Um dos locais visitados pela “Mala dos Viajantes” foi a Escola Municipal Enfermeira Hilda Anna Krisch, no bairro Jardim Iririú.

Edivilson Gabriel, de 9 anos, estudante do terceiro ano do ensino fundamental, vivenciou a proposta da atividade ao retirar da mala um espremedor de limões.

“Uma vez eu estava ruim de gripe e minha mãe fez um chá de limão usando um espremedor, mas estava quebrado. O chá era ruim, mas valeu a pena porque eu melhorei”, conta.

Mais MNIC na 13a Primavera de Museus

Além da “Mala dos Viajantes”, o museu realiza outras duas atividades dentro da programação da 13a Primavera de Museus.

Idealizada especialmente para o evento nacional, o MNIC vai realizar no dia 25 de setembro, nos períodos matutino e vespertino, a visita monitorada à reserva técnica do museu.

A terceira atividade realizada pelo MNIC durante a 13a Primavera de Museus é o projeto “Percursos da Memória”. Com cerca de 1,2 quilômetro de extensão, o trajeto é feito a pé, com saída do MNIC e leva cerca de duas horas e meia para ser concluído.

O roteiro é acompanhado por dois monitores do museu e inclui locais como a Rua das Palmeiras, a Rua do Príncipe, Praça Nereu Ramos, Praça da Bandeira e termina no Cemitério do Imigrante.

Em cada local, o grupo faz paradas e recebe explicações sobre a história de diversos imóveis tombados, sobre detalhes arquitetônicos, símbolos entalhados em fachadas e elementos que caracterizam as diferentes etnias de imigrantes que ajudaram a construir a identidade cultural de Joinville.

Como participar

A oficina “Mala dos Viajantes” e o “Percursos da Memória” são projetos educativos criados pelo MNIC e que acontecem durante todo o ano.

As atividades são gratuitas e abertas para escolas, instituições, entidades, grupos e associações.

Já a visita monitorada à reserva técnica acontecerá exclusivamente no dia 25 de setembro, durante a temporada da 13a Primavera de Museus.

O agendamento de todas as atividades deve ser realizado diretamente com a equipe do MNIC, pelo telefone (47) 3453-3499 ou por e-mail.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger