O Internet Explorer está oficialmente com os dias contados. O navegador será definitivamente abandonado pela Microsoft daqui um ano.

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (19) que encerrará o suporte do navegador Internet Explorer em junho de 2022, mais de 25 anos depois do seu lançamento.

Em seu blog oficial, a companhia disse que irá substituí-lo pelo novo navegador Edge.

"O aplicativo para desktop Internet Explorer 11 será aposentado e terá o fim do seu suporte em 15 de junho de 2022, para certas versões do Windows 10", escreveu a empresa.

O fim do suporte significa a interrupção de atualizações de segurança ou adição de funcionalidades.

A empresa aconselha as pessoas a começarem a usar o Edge, caso ainda estejam no Internet Explorer.

Para empresas que desenvolveram aplicações que só funcionam no navegador antigo, a companhia disse que o Edge possui um modo de compatibilidade.

O fim do navegador já era esperado. Em agosto passado, a Microsoft afirmou que nenhum de seus aplicativos ou serviços, como o Teams ou Office 365, seriam compatíveis com o Internet Explorer.

A história do Internet Explorer começou em 1995 e chegou a ser o principal navegador do mercado.

Porém, uma série de problemas com o aplicativo ao longo dos anos e a chegada de concorrentes, como o Mozilla Firefox e o Google Chrome, praticamente acabou com o domínio do navegador.

Fonte: G1.