A Prefeitura de Blumenau lançou um edital de licitação para concessão da marca Oktoberfest Blumenau. A empresa vencedora terá direito a licenciar e comercializar produtos oficiais da maior festa alemã das Américas. O objetivo é desenvolver formas inovadoras de utilização da marca em mercadorias que serão vendidas nos estabelecimentos da Vila Germânica e em plataforma e-commerce.

Esta será a primeira concessão pública de ativo intangível do país. O licenciamento dos produtos da Oktoberfest Blumenau será semelhante ao já trabalhado por grandes eventos privados, como o Rock in Rio, Lolapallooza e as Olimpíadas. As propostas das empresas interessadas serão recebidas no dia 18 de dezembro.

 

“Hoje nós não temos como controlar a utilização da marca Oktoberfest Blumenau em produtos. E, infelizmente, por este motivo observamos itens que não seguem o padrão que almejamos, além de por vezes não estarem alinhados aos nossos princípios e posicionamentos. O licenciamento garantirá que o público tenha acesso a produtos de qualidade, com a chancela de oficiais da festa”, afirma o secretário municipal de Turismo, Marcelo Greuel.

 

O edital estabelece o dia 31 de dezembro de 2021 como data-limite para comercialização de produtos com a marca Oktoberfest Blumenau sem autorização da Vila Germânica e fora do contrato de licenciamento.

A empresa vencedora da concessão poderá desenvolver itens como canecos, copos, camisetas, bonés, trajes típicos, chapéus, chaveiros, pins, imãs de geladeira e tirantes. Também será responsável pelo acompanhamento do mercado e controle antipirataria.

A contrapartida será o pagamento de royalties ao Parque Vila Germânica. De acordo com o edital, a porcentagem mínima exigida é de 4,5% do valor líquido dos produtos. Os recursos serão revertidos para o Fundo Municipal de Turismo e o contrato terá validade de dez anos, podendo ser renovado por outra década.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: