A ativista e defensora das causas dos animais, Luísa Mell, deu mais um grande passo para ajudar os bichinhos.

Ela anunciou a criação de uma floresta com cerca de um milhão de metros quadrados para receber animais silvestres. A localização do futuro santuário será em Rio Grande da Serra, em São Paulo.

A principal ideia é transformar o local em uma grande santuário, ao contrário do modelo atual de zoológicos, por isso o acesso ao público será vetado. De acordo com Luísa, o contato com os visitantes estressa muito os animais. Luísa pretende ainda encher o local com cavalos, galinhas e carneiros, além de todos os outros animais.

Luisa afirma que pretende inaugurar o santuário até julho de 2020. “Estamos fazendo a estrada para lá porque ainda não dá para chegar com os caminhões que vão transportar os animais. Também começamos a obra da casa do caseiro”, adiciona.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul