O Departamento de Trânsito do Paraná prorrogou para outubro o prazo de pagamento do licenciamento anual de veículos que venceria neste mês. A medida é para evitar prejuízos aos proprietários de carros e motos com placas de final 3,4 e 5, que encontram dificuldades para quitar o débito por causa da greve dos bancários em todo Estado.foto Paulo Rosa/Detran

O Departamento de Trânsito do Paraná prorrogou para outubro o prazo de pagamento do licenciamento anual de veículos que venceria neste mês. A medida é para evitar prejuízos aos proprietários de carros e motos com placas de final 3,4 e 5, que encontram dificuldades para quitar o débito por causa da greve dos bancários em todo Estado.foto Paulo Rosa/Detran

Emitir o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo agora se tornou um processo mais rápido: quem solicitar o documento, terá a emissão feita na hora. Antes levava em média quatro dias para o documento ser entregue ao proprietário que fazia o procedimento por conta.
A agilidade no processo é possível a partir de uma mudança de procedimentos dentro da delegacia regional de Jaraguá do Sul. De acordo com o delegado regional Adriano Spolaor, em entrevista ao Jornal O Correio do Povo, o atendimento foi agilizado no começo do mês no município e também passou a valer esta semana em Guaramirim.
Além da alteração nos prazos de emissão do certificado de licenciamento, a delegacia regional também conta com o reforço de dois servidores terceirizados que passarão a trabalhar nas áreas mais críticas e que demandam reforços.

Demora no documento de identidade

Já no caso da emissão de identidades, os prazos estão mais longos do que no normal. Segundo o coordenador regional do Núcleo de Perícias do IGP/SC, Eduardo Linhares, a demora se deve a uma alteração feita no sistema de emissão das cédulas. Até alguns anos atrás, as identidades eram impressas na própria sede da delegacia regional, porém, por questões de segurança e logística, elas passaram a ter a impressão centralizada em uma gráfica localizada em Florianópolis.
Como todos os documentos da região têm o cadastro centralizado em Jaraguá do Sul, o prazo tem sido de até vinte dias úteis. Para fazer o documento, o cidadão pode chegar entre 8h e 11 horas da manhã ou 14h e 17 horas, e retirar uma das 30 senhas que estão disponíveis. Pessoas com prioridade no atendimento não precisam utilizar as senhas.
O solicitante também pode agendar um horário através do site do IGP e ser atendido com hora marcada. Atualmente são emitidas cerca de 1.800 identidades por mês na região, sendo que destas, 1.200 são de Jaraguá do Sul.
Fonte: OCP Online