Último “titã do jazz”, o saxofonista Sonny Rollins é tema da segunda edição do Sexta Jazz AF 2020. O trio formado pelos músicos Tiê Pereira (baixo), Mauro Borghezan (bateria) e o cubano Elio Lorenzo (sax) apresentam no dia 13 de novembro o Especial Sonny Rollins: A Night At The Village Vanguard. O concerto será transmitido ao vivo a partir das 20h no canal da Aliança Francesa Florianópolis no YouTube.

Rollins, atualmente com 90 anos, é um dos grandes tenoristas do jazz, ao lado de figuras como John Coltrane, Johnny Griffin e Hank Mobley. De todos, é o único que continua vivo segue sendo uma voz ativa no jazz. Assim como outros tenoristas da época, tocou no primeiro grande quinteto do trompetista Miles Davis, além de ter gravado com Modern Jazz Quartet.

— Ele fez parte principalmente do movimento hard bop, que dialogava com a linguagem do jazz mais pulsante e cerebral do bebop, com alguns flertes da música gospel/soul norte-americana — diz o músico Tiê Pereira, um dos curadores do Sexta Jazz AF.

Para o concerto do dia 13, os músicos irão tocar algumas das principais faixas do álbum A Night At The Village Vanguard, lançado em 1958. Foi o 15º disco da carreira de Rollins.

Temporada 2020 segue até dezembro

Promovido pela Aliança Francesa Florianópolis, o Sexta Jazz AF é um dos principais projetos da cena jazz e instrumental de Florianópolis. Desde 2014, realiza concertos mensais, gratuitos e épicos, sempre reunindo grandes nomes da música catarinense em homenagens a gênios do jazz mundial.

Em 2020, em razão da pandemia, o projeto terá uma temporada com cinco edições em live streaming até o dia 11 de dezembro, sempre nas sextas-feiras, às 20h, no canal da Aliança Francesa de Florianópolis no YouTube.

O Sexta Jazz 2020 é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio da ENGIE. A coordenação é Marte Inovação Cultural. Realização da Aliança Francesa Florianópolis, Ministério do Turismo e Governo Federal.

 

Agende-se

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp