A Receita Federal de Belém (PA) organizou um leilão com diversos eletrônicos mais baratos. Entre os produtos disponíveis para pessoas físicas, vale destacar um PS4 por R$ 180, Redmi Note 7, da Xiaomi, pelo mesmo valor e até um lote com MacBook Air e iPhone 8 Plus a R$ 4.800.

O console da Sony, por exemplo, tem valor mais de dez vezes menor em relação ao seu preço mínimo no varejo, de R$ 2.399, de acordo com o Compare TechTudo.

O pregão está previsto para acontecer no próximo dia 5 de maio, às 16 horas, e as propostas podem ser feitas até um dia antes, às 18 horas.

Mesmo nas opções com muitos produtos, os valores são bem competitivos. É o caso do lote 229, que traz três celulares Redmi Note 8 por R$ 1.600, enquanto um único dispositivo custa a partir de R$ 1.305,66 no e-commerce nacional.

Outro exemplo interessante é o kit de número 227, com dois Redmi Note 8 e dois Zenfone 6, da Asus, saindo a R$ 1.800.

O lote 154 também aparece com bom preço, com três iPhones XS Max e duas capinhas, saindo por, pelo menos, R$ 1.530. Quem quiser o iPhone mais recente encontra ainda o iPhone 11 no lote 84, com valor inicial de R$ 1.500.

É importante ter em mente que os preços anunciados pela Receita são uma faixa mínima para cada lote, mas variam bastante conforme o interesse do público.

Lotes que receberem mais lances devem ter valores mais altos ao final do leilão. Interessados têm até às 18 horas do dia 4 de maio para fazer as propostas, que serão classificadas no dia seguinte, quanto acontece o pregão.

É possível participar por meio do site da Receita Federal, clicando no menu de atendimento e opção “Sistema de Leilão Eletrônico”.

Como participar

Para participar de um leilão da Receita, o interessado precisa ter o e-CAC, certificado eletrônico emitido pelo órgão, que pode ser obtido tanto por pessoa física quanto jurídica.

Com o documento em mãos, o participante pode fazer lances nos lotes em que estiver interessado com valores acima dos indicados pelo órgão federal.

Os vencedores precisam realizar o pagamento do valor integral no próximo dia útil após o leilão, ou dividir o valor em uma entrada de 20% nessa data e outra parcela de 80% em até oito dias úteis.

Vale ressaltar que o transporte dos produtos adquiridos não é de responsabilidade do órgão federal, e sim de quem ganhou o pregão.

Com informações do site TechTudo

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul