Com sabor inconfundível, a Laranjinha conquistou o paladar dos catarinenses e paranaenses nos últimos 93 anos. E, para comemorar o feito, a marca de refrigerante jaraguaense Max Wilhelm vai passar a vender seu produto também em latinhas de 350 ml.
A empresa, que agora tem sede em Blumenau, lançará a novidade nesta semana. A Max Wilhelm é uma das fábricas de refrigerantes mais antigas do Brasil e ainda continua focada no mercado do Paraná e Santa Catarina. Os dois estados juntos somam cerca de 4.000 pontos de venda.
Quando a empresa surgiu, nos anos 20, os refrigerantes eram vendidos em garrafas retornáveis de vidro de 600 ml, as mesmas utilizadas para armazenar cervejas e cachaças. Para evitar a confusão entre os produtos, a Max Wilhelm decidiu investir apenas nas garrafas retornáveis de 200 ml.
Já na década de 1980, a empresa foi uma das primeiras indústrias catarinenses a utilizar embalagens PET. Inicialmente, apenas na garrafa de 2 litros, mas hoje já estão disponíveis as versões de garrafas de 250 ml, 510 ml, 1 litro e 2,1 litros.
Há três anos, por conta da comemoração de 90 anos da empresa, a Max Wilhelm relançou as embalagens de vidro, mas agora na versão descartável. Em relação ao sabor, a novidade mais recente foi o lançamento da versão light, que leva adoçantes na composição.
Fonte: Gazeta do Povo
-
LEIA TAMBÉM:
https://poracaso.com/predios-da-antiga-max-wilhelm-sao-demolidos/