O rapper de Compton, Kendrick Lamar faturou o Prêmio Pulitzer de Música por seu quarto álbum de estúdio, lançado em 2017. DAMN.  foi descrito pelo comitê do Pulitzer como “uma coleção de músicas virtuosas unificada por sua autenticidade vernacular e dinamismo rítmico que oferece vinhetas afetando a complexidade da vida afro-americana moderna”.

Além de Lamar, outros dois compositores foram finalistas, Michael Gilbertson, por Quartet e Ted Hearne, do Sound from the Bench.

O Prêmio Pulitzer de Música já foi dado 67 vezes desde sua criação em 1943. O prêmio só não foi entregue nos anos de 1953, 1964, 1965 e 1981. Lamar quebrou barreiras, pois foi o primeiro artista fora da música erudita ou do jazz a ganhar o prestigioso prêmio.

Kendrick Lamar tem empilhado premiações. Na última edição do Grammy, o artista levou os prêmios de melhor performance de rap, melhor canção de rap e melhor vídeo musical, todos por Humble. O rapper concorria ainda a álbum do ano a melhor álbum de rap, por DAMN.

O artista foi ainda o responsável por produzir a trilha sonora do filme Pantera Negra, que quebrou recordes de bilheteria.