“Mesmo com chuva, a presença de um grande público nos festejos do Carnaval foi uma resposta de que a cidade gosta e precisa muito da festa popular. Por isso, nosso saldo é muito positivo”. Foi desta maneira que o secretário de Comunicação da Prefeitura de Joinville, Marco Aurélio Braga, avaliou o Carnaval de rua da cidade, nesta segunda-feira (12). Os dois dias de evento, sexta-feira (9) e sábado (10), levaram ao Mercado Público e à avenida Beira-rio cerca de 30 mil pessoas. “Foi uma festa muito bonita, sem nenhum registro de incidente ou ocorrências graves. Para mim, os pontos autos do Carnaval 2018 foram o público e o empenho das escolas e blocos em fazerem mais um carnaval Show”, comentou o secretário ao Jornal de Joinville. Ele ressaltou também a importância da parceria entre a prefeitura e as agremiações. Para Marco Aurélio Braga, é preciso pensar o Carnaval por um viés mais econômico e sustentável. “Estamos caminhando para isso, buscando parcerias público-privada, o fortalecimento da Liga das Escolas de Samba e a sustentabilidade econômica das escolas, para não deixar o samba morrer em nossa cidade”, finalizou o secretário de comunicação, um dos responsáveis pelo evento. Nos próximos dias, a prefeitura deve fazer uma reunião com os diretores de escolas e blocos para avaliar o evento e buscar formas de garantir um carnaval sustentavam em 2019.   Veja como cada bloco saiu na avenida
Arca de Noé
 
Destack do Samba
   
Joinvileiros – Unidos do Chineque - DiasVile
     
Carnavá Maracatu
 
Manda Brasa
  Veja como o Afoxé saiu na avenida
Afoxé
  Veja como cada Escola saiu na avenida
Unidos pela Diversidade. Com 420 integrantes e três carros alegóricos a Diversidade saiu na avenida com o enredo “Cada herói tem seu tempo, cada tempo tem seu herói”. A escola também teve um carro com protesto às politicas culturais
 
Dragões do Samba. Com 135 integrantes e dois carros alegóricos a Dragões homenageou o Carnaval, com o enredo “O rei mandou cair na folia, Carnaval na Dragões é só alegria”
 
Príncipes do Samba. Com 190 componentes e um carro alegórico a Príncepes trouxe o enredo “Ilha encantada, terra dos meus amores”, para homenagear a cidade de São Francisco do Sul
 
Fusão do Samba. O universo multicultural da África foi o tema do desfile da Fusão que teve como enredo “Fusáfrica”. 200 integrantes desfilaram pela escola
 
Unidos do Caldeirão. Com cerca de 150 componentes a escola contou a história do empresário Hermann August Lepper, com o enredo “Um Caldeirão de tecidos e rendas”
  Acadêmicos do Serrinha. “No colorido das flores viajei”, este foi o enredo da Serrinha que desfilou com mais de 150 integrantes. *Para ver todas as fotos do Carnaval de rua de Joinville clique aqui.