A moda está sempre em evolução e hoje busca incluir todas as pessoas, mesmo aquelas que possuem algum tipo de deficiência. Este é o objetivo da Julia Santos, 29 anos, e de Daniel Esperança, 31. O casal criou a By Inclusão, uma marca de camisetas personalizadas que visa atender todos os púbicos.

Após alguns anos de pesquisa, em 2017 Julia venceu o concurso Prêmio Brasil Sul Moda Inclusiva, realizado em Florianópolis, que reuniu pessoas e marcas dos três estados do Sul.

Formada em moda, ela conta ter percebido naquele momento que deveria trabalhar com inclusão. “Mas eu não queria atender apenas quem tem algum tipo de deficiência, eu queria fazer algo para atender todas as pessoas”, conta.

Decidiu, então, especializar-se em camisetas estampadas, pois sempre gostou muito de estampas e desenhos. Assim nasceu a marca By Inclusão, com camisetas com frases e desenhos direcionadas principalmente a cegos e surdos. Em suas pesquisas, Julia descobriu que Santa Catarina é o estado que tem mais pessoas portadoras destas deficiências.

Julia cria, estoca e faz as vendas no escritório de sua casa | Foto OCP News / Eduardo Montecino

Voluntária da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) há alguns anos, a estilista doou seu trabalho como premiação para o Desfile Garoto e Garota Down, evento de abertura da Semana Down. No desfile, foram escolhidos duas meninas e dois meninos, nas categorias kids e juvenil, para serem os representantes de 2019 e eles receberam como premiação as camisetas da marca. O evento aconteceu no último dia 21, no Parque Aquático Krause.

A criadora conta que, ao final do desfile, uma moça cadeirante foi até ela para elogiar o trabalho e incentivá-la a continuar a fazê-lo. Segundo a cadeirante, o sonho de quem tem algum tipo de deficiência, quando se trata de roupas, é ir até uma loja e encontrar uma peça que as represente.

“A nossa missão é atender a todos, ter a inclusão de fato”, afirma Julia. As camisetas têm uma pegada 'urban style', para sair do clichê de uma forma que todos possam usar e ainda se sentirem na moda.

A marca quer sair do clichê e fazer camisetas que as pessoas usem e se sintam na moda | Foto Divulgação

Além de frases e estampas que representem a todos, as camisetas possuem desenhos da linguagem de sinais, alto-relevo e em braile.

Segundo a dona da marca, foi preciso realizar muitas pesquisas e estudos de libras e braile para entender às normas. “Nós não podíamos apenas criar por criar”, conta. No ano passado, a marca lançou uma coleção com QrCode, para que as pessoas pudessem ler até mesmo pelo celular.

Neste ano, a By Inclusão também confeccionou camisetas com a frase tema da Semana Down: “Não sou especial, sou uma edição limitada”.

Foto Divulgação

Até o momento, as estampas têm como foco maior representar cegos, surdos e pessoas com Down, mas o casal quer incluir outras deficiências, como o autismo.

O design das camisetas são feitos pela própria estilista no escritório que mantém em casa. Além dos desenhos, os estoques e as entregas são organizados no local. Já a parte da costura e da estampa são serviços terceirizados pelo casal.

Atualmente, os empreendedores trabalham apenas com as camisetas, mas a estilista está em busca de outros trabalhos para conseguir levar o projeto adiante. "Nossa intenção é crescer e abrir uma loja daqui a alguns anos", comenta.

Em busca de parcerias

Por conta do voluntariado na Apae, a marca está caminhando para fazer uma parceria com a instituição. De acordo com Julia, ainda é preciso definir alguns pontos, mas a parceria já está confirmada.

“A proposta inicial é de que uma porcentagem da venda das camisetas será revertida para a instituição", diz a estilista. Este será um dos pontos abordados em uma reunião com a associação na próxima semana.

O casal também tem outras propostas em Jaraguá do Sul e Blumenau, mas ainda está avaliando. "E estamos também abertos a mais parcerias para o bem comum, que é a inclusão", comenta Julia.

Por enquanto, são produzidas apenas camisetas femininas em tamanho adulto, mas a empreendedora quer começar a produzir peças para crianças.

Os produtos podem ser adquiridos pelo Instagram da By Inclusão, via mensagem, ou pelo site. As vendas são feitas na região, mas Julia conta já ter enviado camisetas até para a Austrália.

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!