"A Linha" é a primeira experiência em realidade virtual brasileira a estrear no Festival de Veneza. A obra foi coescrita pelo roteirista jaraguaense Carlos Reichel, conhecido por filmes como "Garoto VHS".

O projeto conta com a participação do ator Rodrigo Santoro que narra a história de Pedro e Rosa, dois bonecos de maquete que devem lidar com a rotina e o medo da mudança na São Paulo da década de 1940.

Através da movimentação do corpo, a história conduz o usuário aos altos e baixos da história de amor dos dois personagens.

“A Linha” permite assim que os espectadores participem efetivamente da história de Rosa e Pedro, em uma peça singular de 13 minutos.

Foto Divulgação

A obra disputa a premiação na importante mostra paralela com outras obras em realidade virtual. É a primeira vez que um título nacional entra nesta competição, que ganha cada vez mais espaço no evento italiano.

A produção estará na Mostra competitiva, integrando um total de 26 obras do mundo todo.

"A Linha" concorrerá a dois prêmios: melhor experiência interativa e melhor experiência em realidade virtual.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger