Uma matéria publicada pelo portal do jornal Gazeta do Povo, de Curitiba (PR), nesta semana, apontou os candidatos a prefeito mais ricos do país nas eleições 2016. Jaraguá do Sul entrou para a lista nacional com um dos seus quatro candidatos.
O peemedebista Antídio Lunelli é quem aparece nesta lista nacional, além disso é quem tem o maior patrimônio entre os 4 concorrentes da região de Jaraguá: são pouco mais de R$ 280 milhões, sendo que os maiores valores referem-se a cotas em empresas, R$ 160 milhões, e ações em empresas, R$ 101 milhões.

A nível nacional

O candidato mais rico concorre ao cargo de prefeito em São Carlos, cidade de 250 mil habitantes no interior de São Paulo. Airton Garcia (PSB) diz ser dono de R$ 439 milhões, distribuídos entre investimentos em negócios imobiliários, hotelaria, fazendas e R$ 7,7 milhões em espécie.
Quem também está na lista sem nenhum erro de cadastro no TSE (leia a matéria completa e entenda melhor) é Joao Doria Jr (PSDB), candidato a prefeito de São Paulo (SP), empresário e publicitário. Segundo os dados do TSE, ele tem R$ 179 milhões de patrimônio, o que compreende 165 pinturas avaliadas em R$ 29 milhões, duas empresas avaliadas (juntas) em R$ 60 milhões e investimentos financeiros na casa dos R$ 22 milhões.
A lista de milionários que concorrem a prefeito engloba ainda o prefeito Otaviano Pivetta (PSB), candidato à reeleição em Lucas do Rio Verde (MT), que declarou R$ 359 milhões e já foi considerado um dos políticos mais afortunados do país; Antidio Lunelli (PMDB), candidato em Jaraguá do Sul (SC), que declarou R$ 280 milhões; e Rafael Góis (PRB), de São Gonçalo do Sapucaí (MG), que diz ser dono de R$ 188 milhões, a maior parte (R$ 37 milhões) de uma fazenda denominada Ouro Velho.
O candidato a vice-prefeito mais rico do país é Eduardo Farias (PSB), de Cortês (PE). Ele declarou R$ 108 milhões, a maioria (R$ 106 milhões) de ações de uma administradora e a minoria (R$ 0,63) de uma ação da empresa Telenorte Leste Participações.
As informações foram levantadas pela Gazeta do Povo com base nas declarações de bens divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Confira a declaração de bens dos candidados a prefeito em Jaraguá do Sul

Ao todo, a soma de declaração dos quatro candidatos da cidade resultou em mais de R$ 282,3 milhões em bens.
Antídio Lunelli (PMDB): R$ 280 milhões (valor exato: R$ 280.449.035,73)
Ivo Konell (PSB): R$ 1 milhão e 400 mil (valor exato: R$ 1.413.845,63)
Jair Pedri (PSD): R$ 241 mil (valor exato: R$ 241.901,98)
Luiz Ortiz (PT): R$ 213 mil (valor exato: R$ 213.444,81)
Os candidatos puderam fazer uso dos recursos nas campanhas, desde que não ultrapassassem o estipulado para a disputa na cidade, que é de R$ 240,6 mil.
Os dados completos de todos os candidatos podem ser consultados no site do TSE (clique para acessar). No link também é possível conferir o perfil do candidato, a formação, receitas e despesas (no decorrer da campanha) e, em breve, disponível as propostas de cada um. Os perfis dos candidatos a vereador também podem ser consultados no link.
Para acessar os dados, basta clicar na “Região Sul”, e em “Candidatos” ao passar o cursor do mouse no quadro “SC”. Em seguida, procure o nome da cidade, e escolha se quer consultar os perfis dos candidatos a prefeito, vice ou vereador.
Fonte: Gazeta do Povo
Foto: Divulgação